Este post do Fresta é excelente para os cariocas saudosistas, fala de empregos que, apesarem de terem sido ultrapassados pela tecnologia ainda resistem em nossa cidade. Tem a professora de datilografia, o fotógrafo lambe-lambe, o reformador de cadeiras , e por aí vai.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui