Softball Carioca… aposta na pequena geração

Por André Delacerda

Softball 1 O amor e o incentivo ao esporte são coisas que devem ser sempre lembradas e ter espaço na imprensa. São iniciativas como as do treinador Erick Nakano, e dos jogadores do time de baseball Cariocas, que fazem com que cada vez mais o esporte gere disciplina, novas perspectivas, o espírito de equipe e transformem jovens em campeões para a vida.

 

No ano passado, o Diário do Rio fez uma reportagem mostrando o baseball carioca. Neste último final de semana, presenciamos mais uma etapa da caminhada do baseball e do softbol no Rio, no campo localizado na Lagoa Rodrigo de Freitas, onde ocorreu a Taça Lagoa de Softball, uma versão mais light do baseball.

Neste post vamos dar ênfase ao jogo da parte da manhã, e a conversa que tivemos com o treinador, que nos conta os projetos em andamento.

 

Pela manhã assistimos junto com alguns pais, as partidas destas que prometem ser as futuras promessas deste esporte no Rio. Naquele campo, estavam crianças entre 10 e 16 anos, que competiam muito compenetrados, realizando belas jogadas.

 

Softball2 Muitos garotos, ainda bem pequenos, mostravam que já dominam as técnicas do softbol, com muita atenção e garra. Correndo, arremessando, e dando tacadas na bola de softbol, que é um pouco maior que a do baseball.

 

Conversando com o treinador Erick Nakano, que é um dos adotantes do campo público da Lagoa, ele nos falava da importância de se incentivar as crianças desde cedo neste esporte. Seu objetivo, além de forma futuros jogadores cariocas, é também de trazer a comunidade para aprender e admirar o baseball, e softbol, como mais um esporte que pode entrar no gosto do carioca, assim como o futebol, o surf, a corrida.

 

Erick nos contou que naquela partida estavam também jovens da comunidade do Cantagalo, que fica próximo a Lagoa, em Ipanema. O que é um ponto importante, pois faz a união de jovens de várias origens e classes sociais em torno do esporte.

 

Os jogos contam com apoio da Federação que aporta com equipamentos para a prática destes dois esportes.

 

O treinador Erick, está começando a desenvolver uma importante iniciativa, que é a de convidar as escolas que estão próximas ao campo de baseball da Lagoa, a trazer seus alunos para conhecer e praticar o esporte, assim, certamente, em breve o Rio terá uma liga com muitos times, o que pode inclusive trazer a atenção de patrocinadores já que o esporte carece de maiores patrocínios.

 

Sobre a questão patrocínio, Erick gostaria muito de ver uma empresa carioca se engajando no baseball e softbal, dando apoio aos jovens atletas, e fomentando um projeto que atraia a sociedade e os jovens para a prática esportiva. Fica aqui, o convite do treinador Erick, não só as empresas cariocas, mais também, as americanas, mexicanas e orientais que possuem filias no Brasil localizadas no Rio de Janeiro. Pois esses países são tradicionais neste esporte, e nada melhor que empresários que já são familiarizados com este esporte, para apoiarem o crescimento deste esporte no em terras cariocas.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui