STF agenda julgamento que pode tirar Sérgio Cabral da cadeia

Ex-governador do Rio foi preso em 2016 pela ‘Operação Lava-Jato’ e suas condenações somam mais de 400 anos de detenção. Na próxima semana, os ministros vão analisar se mantém ou não ordem de prisão contra Cabral

Sérgio Cabral sendo preso em 2016 - Foto: Giuliano Gomes/PR Press

A Segunda Turma Supremo Tribunal Federal (STF) agendou para a próxima semana a retomada do julgamento de um pedido de liberdade do ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral. Ele está preso desde 2016, pela Operação Lava-Jato, e suas condenações somam mais de 400 anos de prisão.

Embora tenha mais de 20 ações na justiça, essa é a última ordem de prisão que ainda mantém o político na cadeia. Portanto, o desfecho do julgamento pode colocar Cabral em liberdade.

A análise do habeas corpus vai ser retomada pela Segunda Turma no plenário virtual entre os dias 9 e 16 de dezembro. Até o momento, apenas dois ministros votaram. Edson Fachin optou por manter a prisão e Ricardo Lewandowski por revogá-la.

Sérgio Cabral foi denunciado em 35 processos decorrentes de investigações da Lava-Jato, sendo 33 na Justiça Federal e dois na Justiça do Rio. O ex-governador já foi condenado em 23 ações penais na Justiça Federal, com penas que chegam a 425 anos e 20 dias de prisão. Mas decisões recentes do STF podem fazer com que algumas dessas condenações sejam modificadas ou anuladas.

Advertisement

5 COMENTÁRIOS

  1. E cada vez mais temos a certeza de que, no Brasil, o crime compensa e, dependendo do grau de persuasão e ilusionismo do criminoso, este ainda pode virar Presidente da República.

    Alguém duvida que teremos Sérgio Cabral assumindo o governo do estado em 2027?

  2. Nada mais me causa estranhamento em se tratando da nossa Corte Suprema. O cúmulo do absurdo já nos foi imposto, o que advir após não impacta tanto. Confirma-se a teoria seguinte: Nada é tão ruim que não possa piorar mais um pouco. Brasiiiiiiiil!!

  3. Quanto eu falo que tem que haver uma “justiça” de verdade nesse país.
    Ao menos no militarismo não haveria essas vergonhas.
    STF é tbm a casa da corrupção, SIM!

  4. Quando os cada vez mais raros brasileiros que ainda TEIMAM em serem honestos acham que já viram de tudo que há de imoral e absurdo nas nossas leis e na nossa justiça, nossos “çábios” e “impolutos” magistrados SEMPRE conseguem subir mais um degrau na impunidade reinante em Banânia para a corte e os amigos da corte. Parabéns senhores, vocês realmente são imbatíveis…minha dúvida é o que acontecerá quando os honestos acabarem, pois é algo em acelerada extinção…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui