Super Centro Carioca de Saúde completa 1 ano com mais de 500 mil atendimentos e promessa de triplicar vagas

Expectativa da prefeitura é de que o tempo de espera até o fim de 2024 passe a ser de, no máximo, 30 dias

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
O Super Centro Carioca de Saúde foi fundamental para reduzir a fila de espera do Sisreg - Arquivo/Prefeitura do Rio

Após um ano em funcionamento, o Super Centro Carioca de Saúde, em Benfica, na Zona Norte do Rio, já realizou mais de 500 mil atendimentos, entre consultas, exames e cirurgias. Os números foram apresentados nesta quinta-feira (5) pelo secretário municipal de saúde, Daniel Soranz.

Considerado o complexo mais moderno de saúde pública da América Latina, a unidade tem capacidade para 113 mil exames, consultas e procedimentos por mês, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) investiu R$ 250 milhões para a instalação do Super Centro Carioca de Saúde.

“O Super Centro é um orgulho para a saúde pública carioca. A Atenção Básica era um grande desafio quando ampliamos as clínicas da família. Quanto mais as clínicas da família funcionam de forma eficiente, mais gente vamos encontrar na fila com problemas específicos. Mas o importante é que zeramos a fila antiga do Sisreg. Agora temos que manter os serviços daqui do Super Centro funcionando bem. É muito bom poder cumprir o compromisso de zerar a fila do Sisreg”, afirmou o prefeito Eduardo Paes, ao visitar o Super Centro Carioca de Saúde, nesta quinta-feira (05/10), para celebrar um ano do complexo.

De acordo com os dados apresentados, em 2020, o tempo de espera para atendimentos na rede municipal era de 160 dias. Em 2023, a espera é de 81 dias. Atualmente, o tempo para a realização de atendimentos é quase a metade se comparado a 3 anos atras. A projeção é que as filas dos procedimentos ofertados no Super Centro sejam reduzidas em 60% e que o tempo de espera até o fim de 2024 passe a ser de, no máximo, 30 dias.

Advertisement

O Super Centro Carioca de Saúde é composto por três blocos de quatro andares onde ficam, o Centro Carioca de Diagnóstico e Tratamento por Imagem (CCDTI), o Centro Carioca do Olho (CCO) e o Centro Carioca de Especialidades (CCE). As unidades recebem pacientes das 237 clínicas da família e centros municipais de saúde do município e são encaminhados exclusivamente pelo Sistema de Regulação (Sisreg). O complexo funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 22h, e aos sábados, das 8h às 17h.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Super Centro Carioca de Saúde completa 1 ano com mais de 500 mil atendimentos e promessa de triplicar vagas
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui