Supervia já foi multada em mais de R$ 12 milhões por maus serviços prestados à população do Rio de Janeiro

Os problemas são em relação à acessibilidade, atrasos, má conservação das estações, trens lotados, espaçamento acentuado entre os trens e a plataforma, podendo causar acidentes, além da presença de homens em vagões destinados apenas às mulheres

Movimentação intensa de passageiros nos trens da Supervia (Foto: Ale Silva)

Nesta quinta-feira, 30/11, o Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio do Procon RJ, aplicou multa de R$ 1.538.880,00 à Supervia, concessionária de transportes ferroviários do estado, após constatar problemas em três estações do ramal Santa Cruz. Até o momento, a Supervia acumula R$ 12.506.00,00 em multas aplicadas pela autarquia desde o início da Operação Estação Segura. A ação seguirá de forma constante para promover a melhora deste serviço.

Durante a operação Estação Segura, iniciada em abril desse ano, a autarquia fiscalizou mais de 30 estações, dentre elas as estações do Méier, Engenho Novo e Sampaio, todas pertencentes ao Ramal Santa Cruz, e constatou problemas em relação à acessibilidade, atrasos, má conservação das estações, trens lotados, espaçamento acentuado entre os trens e a plataforma, podendo causar acidentes, além da presença de homens em vagões destinados apenas às mulheres.

“Essas irregularidades ferem o direito do consumidor a um serviço de transporte adequado, eficiente e seguro. Assim, após analisar os argumentos da empresa, que foram considerados insubsistentes, o fornecedor foi multado”, aponta o presidente do Procon- RJ, Cássio Coelho.

Também nesta quarta-feira, os agentes de fiscalização do Procon retornaram às mesmas estações para averiguar se as irregularidades encontradas anteriormente foram sanadas, e verificaram policiamento nas estações, escadas rolantes em funcionamento ou em manutenção, porém, os problemas de acessibilidade, falha na informação, má conservação das estações e espaçamento acentuado entre trens e plataformas, continuam sendo encontrados, o que acarretou na lavratura de um novo auto de infração.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui