Táxis no Rio de Janeiro sofrerão reajuste de tarifas a partir da próxima segunda-feira

O aumento publicado no Diário Oficial do Município, entra em vigor, impactando diretamente no custo das corridas

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Rodrigo Soldon Souza

Um aumento nas tarifas dos táxis que rodam na cidade do Rio de Janeiro, foi autorizado pela Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), por meio de uma resolução publicada no Diário Oficial do Município nesta quinta-feira (28/12). Os novos valores entram em vigor, impactando diretamente no custo das corridas, a partir da próxima segunda-feira (01/01). A bandeirada que atualmente é de R$ 6 passará para R$ 6,10.

Na bandeira 1 (das 6h às 21h de segunda-feira a sábado) o valor por quilômetro rodado aumentará de R$ 3,20 para R$ 3,35. Já na bandeira 2 (de 21h e 6h, além de domingos, feriados e em subidas íngremes a qualquer hora) passará de R$ 3,84 para R$ 4,02. E além disso, o custo pela hora parada ou espera subirá de R$ 40,32 para R$ 42,21 e a tarifa pelo volume transportado terá um aumento de R$ 3,20 para R$ 3,35.

Já para os táxis especiais, classificados como executivos, a bandeirada terá um reajuste de R$ 8,05 para R$ 8,20. O valor por quilômetro rodado aumentará de R$ 5,50 para R$ 5,75 enquanto a tarifa pela hora parada ou espera passará de R$ 69,30 para R$ 72,45. E a taxa pelo volume transportado também subirá de R$ 3,20 para R$ 3,35 e a tarifa da tabela horária à disposição do passageiro será ajustada de R$ 143 para R$ 149.

Os novos valores estarão disponíveis para consulta no site da Secretaria Municipal de Transportes (www.transportes.prefeitura.rio) a partir do dia 1º de janeiro de 2024, junto com orientações sobre como imprimir a tabela atualizada. Os taxistas deverão apresentar essa tabela ao passageiro ao final da viagem.

Advertisement

Leia também

Antiga garagem da Silveira Martins é vendida por R$19,7 milhões a incorporadora

Vídeo: Raio atinge Cristo Redentor durante registro de visitante

Em caso de utilização de tabela com valores alterados ou fora de sua categoria, o taxista será penalizado de acordo com o Código Disciplinar do Serviço de Táxi no Município do Rio de Janeiro. E as tabelas deverão ser usadas até a aferição do taxímetro pelo Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro (IPEM/RJ) em datas a serem divulgadas.

O passageiro deve observar ao entrar no táxi, se o valor do taxímetro já foi alterado para R$ 6,10 com o objetivo conferir se o taxímetro já está atualizado com os novos valores. Esta correção anual é prevista no Decreto 48.072/2020 que aprovou o Regulamento e o Código Disciplinar do Serviço.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Táxis no Rio de Janeiro sofrerão reajuste de tarifas a partir da próxima segunda-feira

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui