Taxistas do Rio poderão ter selo pet friendly; entenda

Projeto de lei visa certificar oficialmente os motoristas de táxi da cidade que conduzem passageiros acompanhados de animais de estimação

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem meramente ilustrativa de cachorro dentro de carro - Foto: Shutterstock

A cidade do Rio de Janeiro poderá ter, em breve, o selo ”Taxista Pet Friendly”, que tem como objetivo certificar oficialmente os referidos motoristas que conduzem passageiros acompanhados de animais de estimação.

O projeto de lei que visa implementar a ideia, de autoria da vereadora Vera Lins (PP), deverá ser votado ainda esta semana pela Câmara Municipal.

A norma determina que os taxistas que optarem pelo serviço deverão colar o selo em local visível do carro, preferencialmente na respectiva faixa lateral do veículo.

O texto também deixa claro que não poderá haver cobrança de qualquer tarifa extra para a condução de passageiros acompanhados de animais de estimação.

Advertisement

Vale ressaltar que o selo será expedido pela Secretaria Municipal de Transportes e terá validade por prazo indeterminado, a critério do motorista junto ao órgão competente.

Outro ponto importante a ser destacado é que a plataforma ”Taxi.Rio” deverá, no prazo de 30 dias da publicação da lei, incluir a opção de selecionar carros pet friendly aos usuários do aplicativo.

selo taxista pet friendly 1 Taxistas do Rio poderão ter selo pet friendly; entenda
Selo ”Taxista Pet Friendly” projetado por Vera Lins – Foto: Divulgação

”É preciso compreender que muitas pessoas têm por seus animais de estimação o mesmo carinho e estima que têm por pessoas queridas da família. Como consequência, recusar o transporte do dono como o seu respectivo animal significa perda da corrida e, mais do que isso, possivelmente a perda do cliente”, argumenta Vera Lins.

”No atual cenário em nossa cidade, em que os taxistas estão sofrendo com a concorrência com o transporte privado por aplicativo e com o transporte pirata, oferecer um diferencial poderá trazer benefícios à categoria”, complementa ela.

Caso o PL 2.226/203 seja aprovado em primeira discussão pela Câmara, ele será novamente debatido em plenário posteriormente. Então, se aceito outra vez pelos parlamentares cariocas, seguirá para sanção ou veto da Prefeitura.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Taxistas do Rio poderão ter selo pet friendly; entenda
Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui