Teatro Marilu Moreira recebe espetáculo ‘Baquaqua’

A peça baseada em relatos autobiográficos escritos por Mahommah Gardo Baquaqua, tem a interpretação do ator Wesley Cardoso

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Nesta semana começam os espetáculos do Teatro Municipal Marilu Moreira, em Itaguaí, e para abrir o ano de 2023 foi escolhido o espetáculo ‘Baquaqua’. A peça traz o reconhecimento histórico, político e social do africano no Brasil. Wesley Cardoso de forma brilhante protagoniza essa grande história nesta quarta-feira (8) às 19h e na quinta-feira (9), às 9h e 14h. A entrada é Franca.

Nativo da região ocidental da África, Baquaqua escreveu aquela que até hoje é considerada a única autobiografia de um homem negro escravizado no Brasil. A trajetória dele se inicia no Benin, país da África Ocidental, com passagens por Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Nova York, Haiti e Canadá e, inevitavelmente, leva o público a projetar no presente o resultado em curso das atrocidades cometidas no passado.

A peça traz, do universo literário para o palco de Itaguaí, os relatos de um escravo em um país estrangeiro e propõe uma reflexão sobre outras milhares de histórias de pessoas sequestradas do continente africano. Só para o Brasil, estima-se que mais de 5 milhões de homens e mulheres foram traficados e escravizados. Espetáculo selecionado por meio do Edital de Chamamento para Uso e Ocupação dos Teatros Públicos Municipais.

  • É um prazer iniciarmos nossa agenda cultural de 2023 com um texto inspirado na única biografia de um negro escravizado no Brasil. O espetáculo Baquaqua é uma peça com um tema de extrema relevância, onde expõe a escravidão no nosso país, levando a uma reflexão sobre o hoje e o que esperamos do nosso futuro. Venham prestigiar esse grande espetáculo que será gratuito. Vem pro Teatro! -, convida Rafael Paixão, Diretor do Teatro Marilu Moreira.

O historiador e artista Yago Eloy fala sobre a importância da peça para Itaguaí . “Tive a oportunidade de assistir a esse espetáculo no ano de 2022. Acho muito importante uma peça como essa no Teatro Municipal de Itaguaí. Vejo que o município de Itaguaí, na atual gestão, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, vem abrindo espaço para que o protagonismo negro seja central, principalmente no que diz respeito às políticas públicas para o setor cultural. A história de Baquaqua nos conecta com esse sentido de resgate a uma origem, a um lugar, a uma África. Também nos permite refletir sobre como é necessário o resgate das narrativas negras na sociedade brasileira. É uma peça muito impactante, que toca nosso senso de humanidade” , explica Eloy.

Advertisement

Leia também

Progressistas dividido entre Bolsonarismo, Eduardo Paes e Marcelo Queiroz – Bastidores do Rio

Custas judiciais aumentaram 45% no estado do Rio de Janeiro nos últimos dois anos

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Teatro Marilu Moreira recebe espetáculo ‘Baquaqua’

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Teatro Marilu Moreira recebe espetáculo ‘Baquaqua’
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui