Tendência de queda no preço de seminovos pode aumentar procura de veículos usados

Empresário Gilmar Rocha, dono da Gilcar Veículos, lista dicas para o cliente ficar atento na hora de escolher um automóvel

Foto: Clarice Castro/Divulgação

Durante a pandemia, devido à baixa produção de peças na indústria automotiva, a procura de carros seminovos foi alta, o que causou uma valorização do preço desse tipo de veículo. Atualmente, mesmo com a retomada da economia e a volta da produção, a tendência é que aumente a venda de carros usados, pois o cenário indica uma queda nos preços. Segundo levantamento da KBB Brasil (Kelley Blue Book), o valor de veículos com 4 a 10 anos de uso reduziu em 1%.

Com o aumento da procura de seminovos, é importante saber algumas coisas do veículo que o cliente pretende adquirir, antes de fechar negócio. O empresário Gilmar Rocha listou algumas questões que devem ser levantadas antes da compra de um carro usado. Ele é dono da Gilcar Veículos, empresa voltada ao segmento, que também se caracteriza por ajudar as pessoas a tomar a melhor decisão para comprar um automóvel.

“O cliente precisa estar bastante atento na hora de adquirir um veículo seminovo, não só ao carro, mas ao vendedor. É importante levantar algumas perguntas como: É um vendedor ou empresa confiável? O dono automóvel possui dívidas pendentes em relação aquele automóvel? Aquele carro passou por mais um dono antes do vendedor? O dono ainda possui chave reserva e manual? Tudo isso precisa ser levado em conta antes de comprar um carro com anos de uso”, afirmou.

Além das questões envolvidas entre o vendedor do carro e o cliente, Gilmar também listou pontos mecânicos que devem ser destacados na hora de escolher o melhor seminovo para compra.

“Além de claro, da confiança no vendedor, você precisa ter confiança no produto que está adquirindo. É muito importante saber pontos como qual a quilometragem daquele veículo, por exemplo. Carros acima de 60 mil km rodados precisam da primeira revisão. Também é bom se o veículo já se envolveu em acidentes, pois depois de um acidente, ele jamais retorna ao seu estado original e também, pontuar pequenas informações como ano do veículo, para saber as melhores peças para ele, como funciona o seguro. São dicas interessantes para se levantar na hora de comprar o seminovo”, concluiu.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui