Theatro Municipal do Rio de Janeiro lança primeira Residência de Artes Cênicas

Artistas de todo o estado do Rio de Janeiro foram selecionados e começam as aulas nesta quinta-feira

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto Leonardo Ferraz/Divulgação

Pela primeira vez, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro faz uma Residência de Artes Cênicas para artistas de todo o estado. Durante cinco meses, duas vezes por semana, os participantes vão vivenciar a prática teatral através de oficinas e aulas de investigação cênica, vocal e corporal, com profissionais residentes dos Corpos Artísticos do TMRJ e artistas convidados.

Serão cinquenta encontros, totalizando duzentas horas, realizados no prédio anexo do Municipal. As atividades têm início nesta quinta-feira (02/03) e terminam em julho.

A Jornada da I Residência de Artes Cênicas do Theatro Municipal RJ se encerra no mês de aniversário de 114 anos de uma das casas de espetáculos mais imponentes e belas da América Latina. Sua história mistura-se com  a trajetória da cultura não só do Rio de Janeiro, mas do país. Então, nada melhor do que um projeto potente como este iniciando neste momento e fazendo parte das comemorações do centenário do Theatro“, ressalta a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, Danielle Barros.

Os artistas fizeram as inscrições em janeiro, através de formulário disponibilizado no site do Theatro, passaram por audições com uma banca examinadora especializada em fevereiro e, agora, os 25 aprovados poderão aprimorar a sua arte com profissionais reconhecidos e capacitados.

Advertisement

Leia também

10 coisas que só quem anda de ônibus no RJ vai entender

Polícia Militar planeja ampliar sistema de reconhecimento facial para 650 câmeras no RJ

Pela primeira vez o Theatro Municipal abriga um laboratório de artes cênicas, em um formato inovador. A residência artística tem a proposta de desenvolver um trabalho corporal, de atuação, de escrita criativa e de música. Juntamente à Pós-Graduação em Ensino de Dança Clássica e nossa nova temporada artística, esse é apenas um dos novos projetos que nossa casa de espetáculos traz em 2023”, afirma a presidente da Fundação Teatro Municipal, Clara Paulino.

Os dois encontros semanais serão às terças e quintas-feiras, de 18h às 22h, totalizando 200 horas/aula ao final do período. Os módulos trabalhados terão o intuito de investigar as habilidades individuais dos participantes selecionados através de estímulos incentivados pelos profissionais do Theatro Municipal e artistas convidados, com exercícios coletivos e práticos de atuação, corpo, voz e autonomia da criação.

Durante as aulas, serão desenvolvidas as habilidades de cada participante, através do contato com diversas linguagens como escrita criativa, harmonização musical, consciência corporal, investigação do movimento, análise dramatúrgica e ao final, o grupo vai elaborar uma produção artística inédita, com base na pesquisa e construção cênica coletiva, realizada ao longo da jornada.

Essa residência nasce com o propósito de ser um espaço acolhedor e de troca coletiva, que possa potencializar o fazer teatral e a autocriação dos residentes. Não estamos medindo esforços para que todos consigam viver grandes experiências dentro do projeto. Prova disso são as oficinas realizadas ao longo do processo, que vão desde escrita criativa até workshops com companhias consagradas do Rio de Janeiro, além de acompanhamento ao longo de todo o curso, pela nossa equipe de direção cênica, musical e de movimento. Vamos descobrir juntos qual é a cara que essa Residência vai ter, mas uma coisa é certa: ninguém sairá com o mesmo repertório que entrou!”, conclui Guilherme Quadrado, idealizador e diretor-geral da Residência.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Theatro Municipal do Rio de Janeiro lança primeira Residência de Artes Cênicas

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Theatro Municipal do Rio de Janeiro lança primeira Residência de Artes Cênicas
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui