Thomytalks: Você evita conflitos e brigas?

Vamos entender como brigar pode ser bom para você e como fazer da maneira correta

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp

Vamos entender como brigar pode ser benéfico para você e como fazer isso da maneira correta. Há quanto tempo você guarda insatisfações em seu relacionamento sem expressá-las? Você costuma evitar conflitos?

Talvez você tenha crescido em um lar caótico, onde não queria causar mais problemas para seus pais, guardando tudo para si e tentando lidar com todos os desafios sozinho(a). Eu tenho uma cliente cujo pai é alcoólatra. Devido às frequentes confusões em casa, ela evitava compartilhar seus problemas e pedir ajuda aos pais.

O problema é que ela cresceu com a atitude de fazer tudo sozinha e nunca se abrir ou pedir ajuda a ninguém, inclusive nos relacionamentos. As consequências desse comportamento são apenas o começo.

Hoje, ela está casada e, em todos os grandes desafios que o casal enfrenta, é ela quem resolve. Para piorar, o marido não tem iniciativa em casa, sendo uma pessoa bastante infantilizada e imatura. Ela assumiu a postura de resolver tudo, já que acredita que não deve contar com a ajuda dele, pois isso colocaria um peso nas costas dele e o incomodaria.

Advertisement

Leia também

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

Ainda por cima, ele não é muito receptivo, e ela não consegue expressar suas insatisfações, pois ele sempre se torna defensivo e acabam brigando. Esse comportamento dele reforçou ainda mais a crença dela de que incomoda os outros ao compartilhar seus problemas. Assim, ela guarda tudo para si e evita conflitos, acreditando que desagradar a outra pessoa é errado, aprendendo a não causar mais problemas na vida dos outros.

O problema é que ninguém deveria passar a vida sem poder contar com outras pessoas, especialmente com seu parceiro(a). Precisamos aprender a nos comunicar e nos abrir, caso contrário, o distanciamento no relacionamento só aumentará, até que um dia ela comunique ao marido seu desejo de terminar. E ele, surpreso, questionará: “Como assim, do nada?”

Sabemos que não foi do nada. Ela apenas não se comunicava com ele.

Você não precisa resolver tudo sozinho(a) e carregar o mundo nas costas. Relacionamento é parceria, tanto nos momentos bons quanto nos ruins. Pedir ajuda não é incomodar ninguém, pelo contrário, demonstra ao outro que a opinião dele é importante e valiosa para você. Assim, a conexão entre vocês se fortalece ainda mais.

E se você tem medo de incomodar, pedir ajuda ou se evita conflitos, saiba que nem todas as conversas são iguais.

Existem dois tipos de brigas e conflitos: as que geram resoluções e as que não chegam a lugar nenhum. E é claro que devemos focar na primeira. A grande diferença é que a segunda são puramente reclamações, enquanto a primeira é um compartilhamento sobre suas insatisfações com o objetivo de que as coisas mudem e melhorem. Uma tem a finalidade de ventilar para fora; e a outra de resolver algo que está incomodando.

E o mais importante, se você está insatisfeita e quer que o outro mude algo, comunique-se. Afinal de contas, ninguém lê mentes e o óbvio sempre precisa ser dito.

Se você gostou desse texto, clica aqui e me segue no Instagram para mais conselhos amorosos!

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Thomytalks: Você evita conflitos e brigas?

Avatar photo
Thomas Schultz-Wenk, também conhecido como ThomyTalks nas redes sociais, é psicólogo especialista em relacionamentos e términos. Foi Neurocientista do HUPE e INTO no Rio de Janeiro. Com uma fala direta e objetiva, sem enrolação, se tornou influencer no tema e é autor do livro "LibertEx: Como superar um término e esquecer o ex ou a ex". Atualmente, atende online e tem diversos cursos sobre relacionamentos.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui