Morador de rua vendendo ossos humanos é preso na Tijuca

Homem disse aos policiais que encontrou os restos mortais no lixo e resolveu vendê-los em uma banca por ele improvisada

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Ossos humanos vendidos por morador de rua, na Tijuca Divulgação: Segurança Presente

Agentes da Operação Segurança Presente foram acionados para atender a uma ocorrência inusitada e macabra, na movimentada Rua São Francisco Xavier, na Tijuca, Zona Norte do Rio, nesta quinta-feira (8). Um morador de rua, de 41 anos, estava comercializando ossos humanos em uma barraca por ele montada no local.

O homem, que foi preso, afirmou aos agentes que encontrou os restos mortais no lixo e decidiu vende-los. Os ossos apresentavam uma cobertura, tipo resina, e podem ter sido furtados e depois despojados de forma desrespeitosa e irregular.

Os policiais do programa chegaram à banca macabra, após receberam denúncias de pedestres que passavam pela região e ficaram chocados com material vendido.  

O mercador de ossos humanos foi levado para 19ª DP (Tijuca), onde foi autuado por comercializar parte de órgãos ou tecidos do corpo humano. Os restos mortais foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) e passarão por perícia.

Advertisement

As informações são do jornal O Dia.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Morador de rua vendendo ossos humanos é preso na Tijuca
Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui