Tijuca e Copacabana são os bairros mais procurados para compra de imóveis no Rio

Cerca de 64% do total dos interessados buscava apartamentos de um dormitório; para especialistas, a questão decorre do alto valor de metro quadrado na cidade

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Vista aérea da Praia de Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro - Foto: Rafa Pereira/Diário do Rio

Os bairros mais procurados para compra de imóveis no Rio no decorrer deste ano foram Tijuca, Copacabana e Barra, segundo levantamento da imobiliária on-line Loft. O levantamento considera apenas buscas feitas entre janeiro e dezembro no site da startup, mas, segundo especialistas no mercado imobiliário, deve também levar em consideração as tipologias mais comuns no banco de dados da empresa, a empresa começou comprando, reformando e revendendo apartamentos em bairros nobres na cidade de São Paulo, um modelo imobiliário mais conhecido como iBuyer. Hoje, seu principal produto é uma plataforma digital onde proprietários e corretores de imóveis podem oferecer e adquirir imóveis.

O Rio se destaca por ter sido a única capital onde a opção de um quarto foi a mais procurada. Em todas as outras, dois quartos foram os mais buscados. A preferência dos cariocas por imóveis menores já apareceu em outros levantamentos, que mostraram a forte expansão dos microapartamentos na cidade”, afirma o gerente de dados da Loft, Fábio Takahashi. Cerca de 64% do total dos interessados buscavam por apenas um dormitório. Além disso, a opção de lazer no condomínio mais procurada foi piscina (31,1%), seguida de academia (29,5%).

Para Lucy Dobbin, superintendente de vendas da imobiliária Sergio Castro Imóveis, o Rio de Janeiro tem uma grande procura por apartamentos pequenos justamente por ser uma cidade onde os pontos mais desejados, imprensados entre a montanha e o mar, têm valores por vezes proibitivos. “As pessoas buscam o que podem pagar, e é óbvio que haverá sempre mais buscas de imóveis menores, pois trata-se da base da pirâmide do mercado. As chamadas para imóveis de valores maios altos são a exceção, e não a regra. Além disso, os imóveis de alto padrão têm um público exigente que deseja atendimento personalizado e de excelência, adaptando-se menos a jornadas de compra que se dão totalmente online”, explica. Lucy explica que recentemente inaugurou uma nova divisão na empresa especializada na clientela que deseja imóveis de valores superiores a 5 milhões: “a Sergio Castro Ouro veio para isso, são poucos clientes que querem atendimento personalizado e falar com quem efetivamente entende do assunto“, explica a corretora, que diz acreditar na soberania de Copacabana como bairro mais buscado: “aqui também é assim, nossa filial de Copacabana recebe cada vez mais demandas”, diz, alfinetando a concorrente: “as pessoas querem olho no olho e tradição, querem tomar aquele cafezinho com o corretor e dali sair pra visitar o melhor negócio”.

Confira os 20 bairros mais procurados em 2023:

Advertisement

Leia também

Dengue: Ministério da Saúde envia 1º lote de vacinas enquanto RJ intensifica medidas de combate

Fortemente afetadas pelas chuvas desta quarta-feira, Japeri e Nova Iguaçu não apresentaram plano de redução e adaptação à crise climática

Bairro – % de buscas

  • Tijuca 16.9%
  • Copacabana 12.2%
  • Barra da Tijuca 10.2%
  • Recreio 6.9%
  • Botafogo 6.6%
  • Ipanema 4.8%
  • Flamengo 4.7%
  • Leblon 3.2%
  • Jacarepaguá 2.7%
  • Laranjeiras 2.4%
  • Centro 2.1%
  • Taquara 2%
  • Meier 1.5%
  • Cachambi 1.5%
  • Pechincha 1.4%
  • Lagoa 1.4%
  • Vila Isabel 1.4%
  • Catete 1.4%
  • Leme 1.2%
  • Grajaú 1%


Fonte: Loft – buscas entre 1º de janeiro e 1º de dezembro

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Tijuca e Copacabana são os bairros mais procurados para compra de imóveis no Rio

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui