Tiradentes e a Confeitaria Colombo

Confeitaria Colombo - Lustres e Detalhes por AlSasaki Oficialmente um dos meus blogs favoritos sobre o Rio de Janeiro agora é o “Rio que Mora no Mar”. Hoje, feriado de Tiradentes, o blog trouxe uma grande curiosidade que envolve o alferes e a mais tradicional confeitaria de nossa cidade, a Confeitaria Colombo.

A famosa e mais que centenária confeitaria, antes da fama pelas delícias, teve seu local como palco de um marcante episódio da história.

A atual rua Gonçalves Dias no século XVIII se chamava rua dos Latoeiros ,porque ali se juntavam muitos oficiais desse ofício. Era rua estreita e torta, como a maioria das ruas do Rio de Janeiro à época, pois não foram traçadas com um prévio planejamento e surgiam de acordo com a necessidade da expansão.

 

Foi nessa rua dos Latoeiros, na casa de Domingos Fernandes, que o Alferes do Regimento de Dragões de Vila Rica, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, se escondia, quando foi preso pelo tenente Francisco Vidigal, em 10 de maio de 1789.

Mas o que tem a Confeitaria Colombo a ver com isso?
É que a casa de Domingos Fernandes foi demolida e, no seu terreno, construído o prédio onde se instalou a Confeitaria Colombo, em 1894.

Foto: Confeitaria Colombo – Lustres e Detalhes por AlSasaki

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui