Tiroteios assustam turistas, na Holanda – Bastidores do Rio

Hugo Leal fica perdido em evento da FGV, aplausos a Eduardo Paes; as coincidências de logos de Sostenes Cavalcante

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Daniel Martins/Diário do Rio

Não é só aqui
Os cariocas frequentemente se queixam de sua cidade, mas vídeos mostram uma série de assaltos em Filadélfia, São Francisco, Los Angeles e agora, sabemos que em Roterdam, na Holanda, a população está se acostumando com tiroteios.

Não é só aqui II
O Rio tem uma série de problemas, mas muitas vezes o consideramos pior do que realmente é. A visibilidade das favelas, inclusive em bairros nobres, contribui para essa percepção.

Navegante
Parece que o secretário de Economia do Mar, Hugo Leal, está um pouco perdido quanto ao tema de sua própria pasta. Durante um painel realizado nesta semana na FGV, além de criticar a energia limpa, ele também foi alvo de uma ironia por parte de um diretor da Petrobras.

Navegante II
O gestor da petrolífera comentou: “Acho que o secretário não entendeu minha fala, mas acredito que meus alunos me compreendem.” Enquanto isso, Leal navegava em seu celular.

Advertisement

Aplausos de pé
Eduardo Paes teve uma bela iniciativa ao colorir a Avenida Brasil e transformá-la em um Museu a Céu Aberto. Isso é um diferencial para o Rio. Viram como não apenas p criticamos?

Aplausos de pé II
E como elogiar o Dudu sem parecer uns coleguinhas puxa sacos de outros governantes? Complicado… mas assumo, gosto dele, até quando falo mal.

Reino Animal
O tema dos animais não é popular apenas na política, mas também nos podcasts. O “Pet Papo“, um podcast sobre animais, completou 100 edições e foi classificado entre os 20% mais acessados no Spotify em 2022.

Reino Animal II
Se o vereador que morde virilhas renunciar, abrirá espaço para a primeira suplente do PL, Kika, que é membro de uma ONG de proteção animal. Ela disputará espaço na Câmara com Luiz Carlos Ramos Filho e o Dr. Marcos Paulo.

Coincidência
Falando em Reino Animal, uma coincidência intrigante é a semelhança entre a logo do deputado federal Sóstenes Cavalcante e a da ONG Ellos Pet, que recebeu recursos de uma emenda parlamentar sua para castração de animais de estimação.

Prêmio para arquitetos
Arquitetos do Rio participaram de um café da manhã no auditório do CasaShopping, na Barra da Tijuca, para conhecerem os detalhes do Prêmio Saint-Gobain AsBEA de Arquitetura, considerado uma das premiações mais relevantes do setor.

Prêmio para arquitetos II
Neste ano, na 10ª edição do prêmio, que é nacional, há uma novidade: a inclusão do tema Retrofit. Esse destaque premiará projetos de reabilitação e revitalização de edifícios existentes, valorizando a preservação histórica e a sustentabilidade. O evento foi promovido pela Saint-Gobain e AsBEA, com a organização da Prosperar, de Ana Paula Iespa.

Prêmio para arquitetos III
Para participar, é necessário se inscrever até o dia 4 de dezembro em premiosaintgobain.com.br e enviar os projetos até 15 de janeiro de 2024. O resultado está previsto para o dia 20 de maio de 2024.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Tiroteios assustam turistas, na Holanda - Bastidores do Rio
Advertisement

3 COMENTÁRIOS

  1. Alguém comparar a Holanda com o Rio,é de um mal gosto imensurável, o Rio é uma cidade sem governo, quem manda são os criminosos, noite e dia,uma cidade que parece um lixo,pessoas sem educação, a cidade está infestadas de camelôs que ajudam na imundice generalizada, transporte de quinta categoria, porquê os usuários destroem, (será que esqueci ,alguma coisa),conclusão, será que ainda é igual a Holanda??….rsrsrs

  2. Usar o exemplo da Holanda pra dizer que só se fala em Rio de Janeiro e que o que acontece no Rio é noticiado pior do que realmente acontece, é brincadeira de péssimo gosto.

    Por acaso na Holanda você tem algum distrito/estado com 68% do território (dado de pelo menos 5 anos atrás) tomado pelo crime?

    Quantas bairros na Holanda possui ruas repletas de barricadas, onde quem se aproxima inadvertidamente toma bala?

    Quantas vezes as linhas de trem da Holanda foram tomadas de assalto, tendo até mesmo alguma de suas estações utilizadas para o tráfico de drogas?

    Quantas torres de telefonia celular foram sequestradas na Holanda pelo crime organizado (milícia), que após o sequestro, tenha sido cobrado resgate de 30 mil moedas para que a operadora possa continuar atuando na região?

    Quantas operadoras na Holanda têm seus cabos cortados e roubados, ou substituído pela gatonet do crime organizado?

    Quantos bailes ocorrem na Holanda, sem que a polícia possa ir lá coibir, pois para isto precisaria de blindados e todo um equipamento de guerra para entrada no território?

    Diante disso tudo e muito, muito mais, que sentido há em se fazer esta comparação, para dizer que o que acontece num local de primeiro mundo deveria nos fazer pensar que o que acontece aqui não é bem assim? Será que os moradores de áreas conflagradas concordam com este argumento?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui