Torcida do Vasco se torna Patrimônio Cultural Imaterial do RJ

Governo do Estado sancionou nesta segunda (09/10) lei que reconhece a torcida cruzmaltina como tal

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Torcida cruzmaltina em São Januário - Foto: Matheus Lima/Vasco

O Governo do Rio de Janeiro sancionou, nesta segunda-feira (09/10), uma lei que reconhece a torcida do Club de Regatas Vasco da Gama como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado.

A medida, número 9875/2022, é de autoria do deputado Chiquinho da Mangueira (Solidariedade), torcedor declarado do Gigante da Colina.

”Trata-se de uma torcida formada por mais de 10 milhões de pessoas espalhadas por todo o país que, com amor, devoção e entrega, vem enchendo os estádios, fazendo sua festa, levando apoio irrestrito aos jogadores e representando o grande clube do RJ”, justificou Chiquinho.

Advertisement

Vale ressaltar que, no futebol masculino, o Vasco tem diversos títulos importantes, como Taça Libertadores (1998), Campeonato Sul-Americano (1948), Copa Mercosul (2000), quatro Campeonatos Brasileiros (1974, 1989, 1997 e 2000), Copa do Brasil (2011), Torneio Rio-São Paulo (1999), entre outros.

No momento, o Cruzmaltino ocupa o 4º lugar na Série B, com 55 pontos, tentando retornar à elite do futebol nacional.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Torcida do Vasco se torna Patrimônio Cultural Imaterial do RJ
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui