Tradicional arraiá do Retiro dos Artistas é cancelado devido à escassez de patrocínio

A instituição sofre com sérios problemas financeiros desde 2023, quando grande parte de seus gastos deixou de ser coberta por um benfeitor

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Festa Julina do Retiro dos Artistas - Foto: Reprodução

O Retiro dos Artistas, conhecido abrigo para artistas idosos enfrentando dificuldades financeiras e emocionais, tomou a decisão de cancelar sua Festa Julina de 2024. O evento, que costuma ser um ponto alto no calendário cultural do Rio, não será realizado devido à falta de patrocínio e ao escasso número de artistas dispostos a participar. A festa estava programada para acontecer de 5 a 7 de julho.

A apenas um mês do início previsto da festividade, apenas dois cantores haviam confirmado presença, enquanto somente três barracas foram alugadas para a venda de produtos típicos. A baixa adesão gerou preocupações quanto aos custos envolvidos na organização do evento, que incluem montagem de palco, sistema de som, contratação de seguranças e outras despesas relacionadas à infraestrutura. A festa tradicionalmente atraía um grande público ao longo de três dias de celebração, com apresentações musicais, danças de quadrilha e uma variedade de comidas típicas, localizada no terreno da instituição no bairro do Pechincha, na Zona Oeste do Rio. Anualmente, o Retiro recebia na festividade grandes nomes como Alcione, Belo, Buchecha, Dilsinho, Naldo, entre outros.

A ausência de recursos financeiros é particularmente preocupante para o Retiro dos Artistas, que enfrentava um déficit de aproximadamente R$ 50 mil no início do ano. Até 2023, esse déficit estava sendo coberto por um político, que optou por manter sua identidade em sigilo. Apenas a conta de luz do espaço consome em torno de R$ 30 mil mensais, destacando os desafios financeiros contínuos que a instituição enfrenta.

Advertisement

Fundado em 1918 pelo ator Leopoldo Fróes em parceria com o jornalista Irineu Marinho, o Retiro dos Artistas segue o modelo da Maison de retraite des artistes de Pont-aux-Dames, na França. O complexo abrange uma área de 15 mil metros quadrados, compreendendo 50 residências, além de diversas instalações como teatro, cinema, biblioteca, piscina e um salão de beleza.

Atualmente, o Retiro abriga 52 artistas idosos, incluindo atores, cantores, instrumentistas, produtores, figurinistas e maquiadores, oferecendo não apenas assistência residencial, mas também atividades culturais e educacionais para seus residentes. O espaço funciona como um refúgio vital para aqueles que, de outra forma, poderiam enfrentar dificuldades extremas devido à falta de suporte e cuidados adequados.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Tradicional arraiá do Retiro dos Artistas é cancelado devido à escassez de patrocínio
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Tradicional arraiá do Retiro dos Artistas é cancelado devido à escassez de patrocínio
Advertisement

3 COMENTÁRIOS

  1. Queria muito ver o rei Roberto Carlos ajudar a prefeitura e outros grandes artistas e políticos nessa hora só que ninguém quer saber de velho

  2. Aonde está a classe artística, tão engajada numas pautas e deixando furo noutras? Será que os velhos guerreiros da cultura não merecem uma parte do que a turma nova arrecada?

  3. A pena , a festa deveria fazer parte do calendário festivo do Rio de Janeiro. O Rio está acabando aos poucos. Um lugar lindo, porém, falta amor .

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui