Tradicional Boteco Belmonte, no Flamengo, recebe placa de Patrimônio Cultural Carioca

A honraria insere o Boteco Belmonte ao Circuito dos Botequins, que visa identificar os locais característicos e tradicionais da boemia carioca

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

O tradicional Boteco Belmonte, no Flamengo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, conhecido pelas famosas empadinhas abertas que circulam nas bandejas dos garçons, é o mais novo bar a receber uma placa de Patrimônio Cultural Carioca. No sábado (01/07), o Prefeito Eduardo Paes realizou a entrega da placa ao estabelecimento, que foi o primeiro da rede de bares.

O estabelecimento foi adquirido em 2002 pelo ex-garçom cearense, Antônio Rodrigues, que renovou o tradicional botequim. Com a entrega da placa, o Boteco Belmonte passa a integrar o Circuito dos Botequins que visa identificar e enaltecer os locais característicos e tradicionais da boemia para a cultura carioca. O Belmonte do Flamengo é o 35º a figurar nesta relação que conta com bares de tradição como Bar da Portuguesa, Casa Paladino, Bar do Momo e Adega Pérola.

O trabalho de identificação dos patrimônios culturais da cidade é realizado pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Planejamento Urbano (SMPU). As famosas plaquinhas azuis de identificação de bens e locais começaram a ser instaladas em 1992, mas, desde 2010, deixaram de ser focados em arquitetura e passaram a abranger temas livres, ligados à cultura e à identidade do Rio.

Esse projeto existe desde os anos 90, mas só a partir de 2010 começamos a fazer os circuitos por temas, identificando os locais da cultura carioca. Nesse sentido, temos o Circuito dos Botequins, e o Belmonte foi identificado como um local tradicional da boemia” disse Laura Di Blasi, a Presidente do IRPH.

Advertisement

E por meio da fixação de uma placa informativa, a Prefeitura do Rio seleciona locais de destaque para cada tema. Em cada placa, os visitantes podem saber um pouco mais sobre o local e sua importância para a história da cidade e para o tema em questão. No momento existem 22 circuitos com bens culturais espalhados por toda a cidade, entre os circuitos, temos o de Literatura, Liberdade, Art-Déco, Cinemas, Trem, Botequins, Águas, Samba, Bossa Nova, Praça Tiradentes, Herança Africana, Choro, Negócios Tradicionais e outros.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Tradicional Boteco Belmonte, no Flamengo, recebe placa de Patrimônio Cultural Carioca
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui