TRF profere liminar visando reduzir filas de espera de atendimentos ortopédicos no RJ

Ação Civil Pública partiu das Defensorias do RJ e da União, solicitando providências para redução das filas de espera para consultas e cirurgias ortopédicas em todo o estado

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem meramente ilustrativa da fachada do Into, na Zona Portuária do Rio - Foto: Reprodução/Google Maps

Na última quarta-feira (27/09), o Tribunal Regional Federal (TRF) proferiu decisão liminar que obriga o Governo Federal, o Governo do Estado e a Prefeitura do Rio de Janeiro, dentro de um prazo de 45 dias, a justificarem as razões da não implementação de medidas que melhorem a situação de pacientes adultos que esperam por atendimentos de especialidades ortopédicas como joelho, coluna vertebral e ombro/cotovelo.

O pedido ao TRF, uma Ação Civil Pública (ACP), partiu das Defensorias do RJ e da União, solicitando providências para redução das filas de espera para consultas e cirurgias ortopédicas em todo o território fluminense.

Na ACP, as Defensorias pedem ainda que seja apresentado um planejamento para a realização célere de consultas clínicas e procedimentos cirúrgicos, de acordo com a avaliação dos critérios clínicos e de risco.

As Defensorias solicitam, também, a contratualização das unidades federais, nos termos da Política Nacional de Atenção Hospitalar (PNHOSP), contendo a definição de uma oferta mínima regular e segura de serviços de saúde para o sistema estadual de regulação, além de divulgação, inclusive na internet, de informações sobre as filas cirúrgicas internas de cada unidade de saúde.

Advertisement

A solicitação leva em consideração que grande parte do problema decorre da não utilização de toda capacidade instalada das unidades federais, que são referência para a população brasileira. As medidas podem amenizar o problema da falta de transparência sobre a espera das cirurgias que, de acordo com a ACP, inviabiliza o controle social e o adequado planejamento dessa rede de serviços.

Ao todo, atualmente, são mais de 15 mil pessoas aguardando esses atendimentos em todo o estado, de acordo com dados do Painel de Saúde.

Em setembro de 2022, as Defensorias Públicas do Rio de Janeiro e da União já haviam expedido uma recomendação para tentar obter solução do problema extrajudicialmente.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp TRF profere liminar visando reduzir filas de espera de atendimentos ortopédicos no RJ
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui