Uerj se destaca no top 10 das melhores universidades brasileiras em ranking internacional

A CWUR, organização que preparou o ranking mundial, leva em conta quatro áreas no processo de classificação: Educação; Empregabilidade; Corpo Docente; e Desempenho em Pesquisa

Foto: Imagem Google Street view

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) é a oitava melhor instituição de ensino superior do Brasil, pelo décimo ano consecutivo, de acordo com o Center for World University Rankings (CWUR). A listagem das duas mil principais instituições de 2023, divulgada na última segunda-feira (15/05), aponta a Uerj na 696ª colocação entre mais de 20 mil avaliadas. A melhor do mundo é a Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Em visita à Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (Cern), na Suíça, o reitor Mario Carneiro celebrou o resultado alcançado. “O posicionamento da Uerj entre as melhores universidades brasileiras é muito importante, e melhorar nosso desempenho nos rankings é um objetivo que devemos perseguir cada vez mais. É gratificante, inclusive, perceber que o Cern – sede do maior acelerador de partículas do mundo – mantém a parceria, pois reconhece que, além de contar com alunos excepcionais, a Uerj é uma das melhores instituições de ensino e pesquisa da América do Sul”, afirmou.

A CWUR é uma organização, com sede nos Emirados Árabes Unidos, especializada em consultoria educacional e científica que, desde 2012, produz o ranking mundial. Quatro áreas são consideradas no processo de classificação: Educação (com base na quantidade de ex-alunos que ganharam distinções acadêmicas); Empregabilidade (sucesso profissional e número de ex-estudantes em cargos de liderança em grandes empresas); Corpo Docente (considerando distinções acadêmicas de prestígio); e Desempenho em Pesquisa (número total de trabalhos, publicações de alta qualidade, influência e citações).

Todas as dez primeiras instituições brasileiras no ranking são públicas. Além da Uerj, fazem parte do grupo, pela ordem: Universidade de São Paulo (USP), Universidade de Campinas (Unicamp), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Sou ex-aluno do Mestrado Profissional: Gestão e Regulação de Recursos Hídricos(ProfÀgua),turma de 2018,polo UERJ, coordenada pelo professor Fred, com professores de alta capacidade técnica,me sinto orgulhoso de beber do saber dessa importante entidade de ensino.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui