Torre Lidador 65A Rua da Assembleia é uma das regiões mais valorizadas do Centro do Rio mas recebe, pela velha história de não ter onde construir, poucas novas salas. Pois ali onde era a Lidador, (se você anda no Centro do Rio e não sabe onde é a Lidador, você tem um problema a ser resolvido) vai subir um novo prédio, a Torre Lidador, nome mais do que merecido, afinal ia ser chamado de prédio da Lidador de qualquer forma.

Antes de alguém falar de destruição de patrimônio histórico, na Rua da Assembleia não há corredor cultural, com exceção do convento na esquina com a 1º de Março, e usado pela Cândido Mendes (fiz estágio obrigatório lá, bons tempos), todos os prédios da Assembleia podem ser demolidos.

Cobertura da Torre Lidador

Serão 17 andares, com a Lidador no térreo e mais outra loja e outros 16 andares de escritórios luxuosos. E não haverá salas, serão vendidos os andares que terão cerca de 250 m², um ocupante cada. O edifício também terá uma belíssima cobertura com jardins e espaço para festas e reuniões, de uso de todos. O valor do m² está entorno de R$ 17.000.

Torre Lidador

 

Serão demolidos dois prédios, de 1930/1940, ambos pertencentes ao proprietário da Lidador, o sr. Joaquim Cabral, que é uma verdadeira lenda a quem habita a Rua da Assembleia, é a empresa há mais tempo no local, desde 1924.

Joaquim Cabral

A Lidador participou do negócio junto com a Sergio Castro Imoveis, a Lior Investimentos e a Cope Engenharia Enquanto a obra estiver andando, a Lidador vai funcionar na Rua da Carioca depois da obra, volta pro endereço onde nasceu quase 90 anos atrás. Será uma nova loja, mas com a mesma cara do Lidador atualmente.

Bem, se você é algum mega-empresário ou dono de um super escritório de advocacia quem e quiser antecipar o uso de um andar pode se cadastrar pela Sergio Castro Imóveis no telefone 2232-9707. Veja mais sobre a Torre Lidador

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui