Unidade da Águas do Rio, de Copacabana, só terá funcionários com mais de 50 anos

“Respeito Dá o Tom” é o programa da concessionária para combater a discriminação no mercado de trabalho, inclusive o “etarismo”

Dona Maria do Carmo, de 84 anos, funcionária da Águas do Rio - Divulgação

“Respeito Dá o Tom”, programa instituído pela concessionária de saneamento Águas do Rio, pretende dar oportunidade de trabalho àqueles que já passaram dos 50 anos de idade. A nova unidade da companhia, em Copacabana, na Zona Sul da cidade, iniciou as suas atividades, nesta sexta-feira (4), com os novos atendentes de perfil mais maduro.

O programa é voltado para o combate de todos os tipos de discriminação no mercado de trabalho, inclusive o “etarismo”, que priva pessoas com grande compacidade de trabalho e criatividade de terem o seu lugar ao sol no mercado de trabalho. Caso da nova funcionária da unidade de Copacabana, Dona Maria do Carmo, de 84 anos.

Copacabana, aliás, não foi escolhida por acaso. O tradicional bairro da Zonal Sul carioca concentra uma grande população de pessoas com mais de 60 anos, de acordo com dados do Censo de 2010. Para atender a tal contingente, os novos funcionários receberam um atendimento diferenciado. Uma das tarefas da especial equipe é ajudar os clientes a usarem os canais virtuais da Águas do Rio.

As informações do jornal O Globo.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui