Urbanista usa Inteligência Artificial para criar paisagens do cotidiano carioca

Washington Fajardo acredita que a ferramenta estimula a imaginação e auxilia na criação de projetos urbanos mais complexos

Foto: Instagram

Nas últimas semanas as redes sociais foram tomadas por artes em IA, imagens geradas por ferramentas de inteligência artificial, e muitos famosos entraram na brincadeira e criaram seus avatares através de aplicativos especiais.

Os desenhos são bem feitos e muito parecidos com a realidade. Mas, será que essa técnica funcionaria com paisagens cariocas? O urbanista e arquiteto, Washington Fajardo, pensou nesta ideia e resolveu criar suas próprias artes, com ajuda da IA.

Fajardo disse, ao DIÁRIO DO RIO, que a ferramenta é uma bela forma de estimular a imaginação e criar projetos urbanos que seriam mais complexos no papel, ou, até mesmo em desenhos digitalizado. “A inteligência artificial é facilitadora e ajudaria a dar uma nova cara para o Rio de Janeiro, com projetos que engrandeçam ainda mais a cidade”.

O urbanista ainda relatou que é um pouco complicado utilizar o serviço, pois, sem auxílio certo, a máquina cria imagens com uma cara muito europeia – tirando o charme brasileiro das cores e misturas.

Washington imagina que, no futuro, a inteligência artificial poderá resolver muitos problemas arquitetônicos no Rio de Janeiro e mundo.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui