Vacina contra a dengue é aprovada em testes de biossegurança

Comissão Técnica Nacional em Biossegurança determinou que sejam monitorados os efeitos do uso da vacina na população brasileira

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem meramente ilustrativa / Foto de Artem Podrez no Pexels

A vacina contra a dengue da empresa Takeda Pharma é segura, segundo os resultados das avaliações da Comissão Técnica Nacional em Biossegurança (CTNBio) emitidos nesta semana. A Comissão, de acordo com a Lei Geral de Biossegurança, tem por obrigação avaliar se tecnologias e produtos que contenham organismos geneticamente modificados são seguros para humanos, animais e meio ambiente.

A aprovação aconteceu depois de dois anos de discussão. No decorrer do período, a CTNBio encomendou pesquisas que demonstraram a segurança da vacina no Brasil, país onde há uma grande incidência de casos de doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti.

Com resultados tão favoráveis, a CTNBio concluiu que há  biossegurança no produto e determinou que sejam monitorados os efeitos do uso da vacina na população brasileira.

Agora, as análises passarão à alçada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que verificará se a vacina é eficaz ou não.

Advertisement

De acordo com a CTNBio, as análises de eficácia e uso da vacina, agora, serão feitas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Vacina contra a dengue é aprovada em testes de biossegurança
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui