Vacinação múltipla de cães se torna obrigatória no RJ

Nova lei, de autoria do deputado Giovani Ratinho, foi sancionada nesta sexta (27/10) pelo Governo do Estado e já consta em Diário Oficial

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem meramente ilustrativa de cão sendo vacinado - Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Governo do Rio de Janeiro sancionou uma lei que torna a vacinação múltipla de cães obrigatória em todo o estado. A medida, número 10.159/23 e de autoria do deputado Giovani Ratinho (Solidariedade), foi publicada em Diário Oficial nesta sexta-feira (27/10).

A vacina múltipla ou polivalente imuniza o pet contra doenças de origem viral e bacteriana, como cinomose, parvovirose, coronavirose, hepatite infecciosa canina, adenovirose, parainfluenza e até alguns tipos de leptospirose.

De acordo com o projeto, ela deve ser aplicada ao menos uma vez por ano. O Poder Executivo também está autorizado a promover campanhas educativas objetivando incentivar a vacinação dos animais.

”Ao tratar saúde animal, vacinar significa proteger os pets de doenças graves que podem ter consequências sérias e sequelas. Quanto à saúde pública, ao vacinar estamos protegendo e impedindo que doenças se disseminem, afetando animais e humanos”, explicou Ratinho.

Advertisement

Vale ressaltar que o texto prevê que a Secretaria de Estado de Saúde (SES), por meio da Subsecretaria de Proteção e Bem-Estar Animal (Supan), celebre convênios com municípios, entidades públicas e privadas de proteção animal, ficando a cargo da SES toda a assistência técnica e logística.

As despesas serão por conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário. O Governo do RJ deverá regulamentar a matéria através de decretos.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Vacinação múltipla de cães se torna obrigatória no RJ
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui