Valor médio do aluguel mensal no Rio de Janeiro fecha acima de R$ 2 mil

A alta nos aluguéis e a queda dos índices inflacionários aliada à perspectiva futura de queda da rentabilidade bancária vem aumentando a busca de investidores por imóveis alugados

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Rio de Janeiro, visto do Sumaré | Foto: Rafa Pereira - Diário do Rio

De acordo com o relatório mensal de preços de agosto do Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do País, o preço médio mensal para alugar um apartamento de dois quartos na capital carioca ficou em R$ 2.114, subindo 0,4% no mês. O portal é o maior concorrente do Zap e tem crescido grandemente no Rio.

O incremento de valor desacelerou no oitavo mês do ano, porém, em 2022, acumulou +12,7%, acima da inflação derivando em uma alta real de 7,7%. Contemplando os últimos 12 meses, o preço dos aluguéis aumentou 3.1 p.p. acima da inflação.
Os dados do relatório mensal de preços do Imovelweb, também chamado de Index, são gerados com base em 100% dos imóveis listados no portal, seja para aluguel ou venda, mostrando o preço médio das propriedades.

Zona Sul se mantém como a região mais cara e procurada da cidade, com um aluguel mensal de R$ 3.103. Já a Zona Oeste é a mais econômica para quem busca alugar um imóvel, custando R$ 1.057 mensais.

Valor do aluguel nas demais regiões do Rio de Janeiro:

RegiãoValor do aluguel (R$)Variação MensalVariação Anual
Zona Oeste1.0570,0%2,4%
Grande Méier1.1640,8%2,6%
Zona Norte1.167-0,2%4,1%
Ilha do Governador e Zona da Leopoldina1.3100,5%6,4%
Grande Tijuca1.5300,7%4,6%
Barra da Tijuca e Baixada de Jacarepaguá1.7940,7%11,2%
Centro1.803-1,6%6,9%
Zona Sul3.1030,6%17,6%

Na análise por bairros, Leblon e Ipanema são os mais caros, com um aluguel médio mensal acima de R$ 4.300 por mês.

Segundo a pesquisa, abaixo estão os Bairros mais caros e mais baratos para alugar um imóvel:

Mais baratos (R$)Variação MensalVariação Anual
Realengo938-3,8%-3,1%
Guaratiba964-0,3%2,2%
Senador Vasconcelos994-1,4%19,4%
Mais caros (R$)Variação MensalVariação Anual
Urca3.7185,8%S/D
Ipanema4.3271,5%15,0%
Leblon4.8562,5%S/D

Imóveis à venda: preços abaixo da inflação

O preço médio para comprar um imóvel no Rio de Janeiro fechou em R$ 8.864 por m² em agosto, com uma baixa de 0,7% no mês, após 12 meses de incremento consecutivo. O valor é similar ao de abril de 2018. Em 2022, acumulou-se uma alta de 1,1%, abaixo da inflação, derivando em uma queda real de 3.9 p.p. Nos últimos 12 mês, o preço caiu 7,6% em termos reais.

Leblon é o bairro mais caro da cidade, com um valor médio de R$ 21.576 por m²Turiaçu, na Zona Norte, é o mais barato, com um preço médio de R$ 2.345 por m². Para Anderson Martins, Diretor Regional da Sergio Castro Imóveis em sua filial do Leblon, a estatística não surpreende. ”O levantamento casa perfeitamente com nossos números. O Leblon e Ipanema estão cada vez mais procurados e ter um imóvel por aqui se tornou também uma espécie de troféu para pessoas de todo o país. Temos atendido muitos clientes do ramo do agronegócio buscando seu pedacinho d- Zona Sul”.

Mais baratos (R$)Variação MensalVariação Anual
Turiaçu2.345-1%-9%
Coelho Neto2.4180%-4%
Barros Filho2.901-4%-7%
Mais caros (R$)Variação MensalVariação Anual
Lagoa16.5100%0%
Ipanema19.738-1%2%
Leblon21.5760%-2%

Já o bairro Ribeira obteve o maior incremento interanual. Vidigal, por sua vez, fechou com o maior retrocesso.

Advertisement

Leia também

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

BairroValor do m² (R$/mês)Variação anual
Vidigal13.404-19,0%
Benfica3.844-14,1%
Encantado4.112-11,6%
Maré6.08216,7%
Anchieta3.10217,1%
Ribeira6.81117,8%

Rentabilidade

O índice de rentabilidade imobiliária relaciona o preço de venda e valor de locação do imóvel para verificar o tempo necessário para recuperar o dinheiro utilizado na aquisição do imóvel. O relatório de agosto apontou um índice de 4,42% bruto anual, o que significa que são necessários 22,6 anos de aluguel para reembolsar o investimento de compra, 8,3% a menos que um ano atrás. Colega de Anderson na tradicional imobiliária carioca, Marcus Vinícius Ferreira argumenta que ”as perspectivas de queda futura dos juros bancários e a baixa nos índices inflacionários fizeram a busca se investidores por bons imóveis já alugados e gerando renda aumentar vertiginosamente, especialmente lojas e galpões”, diz o corretor, que chefia o departamento de novos negócios e investimentos na Sergio Castro.

Grande Meier e Zona Norte 
são as regiões que oferecem mais retorno para os investidores. Estácio e Padre Miguel são os melhores bairros para quem busca renda.

Rentabilidade por região

RegiãoRentabilidade
Zona Sul3,8%
Barra da Tijuca e Baixada de Jacarepaguá4,2%
Ilha do Governador e Zona da Leopoldina4,2%
Zona Oeste4,5%
Centro5,0%
Grande Tijuca5,2%
Zona Norte5,4%
Grande Méier5,5%
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Valor médio do aluguel mensal no Rio de Janeiro fecha acima de R$ 2 mil

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui