Vândalo é preso por quebrar retrovisor de ônibus BRT

Câmeras de segurança flagraram o criminoso danificando o espelho retrovisor com um alicate. Agentes do BRT Seguro encaminharam o homem para uma delegacia na Barra da Tijuca

Na noite de terça-feira, (03/01), agentes do BRT Seguro prenderam um homem por quebrar o retrovisor de um ônibus articulado no Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

A Mobi-Rio, empresa responsável pelo BRT, afirma que o vândalo, que não teve seu nome divulgado, viajava pendurado na porta do articulado, da linha 22, Alvorada-Jardim Oceânico, e discutiu com o motorista. Segundo especialistas, o ocorrido se enquadra no “crime de dano”, previsto no código penal Brasileiro, e com pena de detenção de 6 meses a um ano. O criminoso foi filmado.

Casos de vandalismo têm se tornado cada vez mais comuns nas linhas do BRT. Além da destruição freqüente pelos próprios usuários, o DIÁRIO averiguou que na linha 35 – Parador Madureira, por exemplo, são frequentes os casos de mendigos que formam cabanas dentro do ônibus, e chegam a “morar” dentro dos veículos, enquanto eles circulam, saltando apenas no fim do dia para então “transferir” sua “moradia” para as próprias estações do BRT. O caos é tamanho que os passageiros viajam em meio a imensos sacos de latas de alumínio recolhidos por catadores de lixo, que vazam líquidos e deixam o transporte com odor terrível.

Foto: Divulgação

Uma câmera de segurança flagrou o homem desembarcando do ônibus e quebrando o espelho retrovisor com um alicate.

Vídeo: Reprodução/Redes sociais
Advertisement

9 COMENTÁRIOS

  1. Na verdade eles querem é que quebrem , destruam mesmo, só assim podem superfaturar o conserto e perpetuar seus lucros orbitantes em cima do dinheiro público.
    Eles tão nem aí. Acorda gente.

  2. O Rio de Janeiro continua horrível , realmente o BRT já é um legado amaldiçoado da copa e olimpíada e ainda vem pessoas quebrarem o pouco que resta
    Gente atrasada e mal educada é um problema

  3. A inércia das pessoas é que me deixa triste. A sociedade está se degradando a cada dia. E as pessoas do bem é que pagam a conta. Os políticos que são responsáveis pelas leis, estão preocupados em se protegerem e com isso as leis frágeis imperam. Vejam que regime político está no poder nos últimos 30 anos.

  4. É assim que funciona no Rio de janeiro não tem ordem ,pois não deixam a polícia trabalhar.
    Se prende a suposta justiça que não tem nada de justiça solta , se morar em comunidade então .

  5. Linhas 298 Acari..476 Méier- Leblon..tem os mesmos problemas.
    A Linha 476 por volta das 17:30 até as 19:00 quando passam na Mangueira em direção a São Cristóvão para subir o viaduto em direção a Lagoa entram em torno de uns 10 menores e maiores de idade(mulher/homem) pela porta de trás e vão fazendo baderna e fumando maconha atrasando quem esta indo para ir trabalhar no Leblon.
    Cadê a polícia para colocar ordem?

  6. É por isso que é difícil se viver no RJ; fico pensando em como vão estar os novos ônibus BRT daqui a um ano. Em uma semana já tem ônibus com bancos soltos, partes internas rabiscadas e mecanismos de portas “mexidos”…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui