Veja os bairros com as taxas de condomínio mais caras do Rio

Localidades da Zona Sul dominam lista, mas com alguns "intrusos" da Zona Oeste e Centro

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Vista aérea do bairro do Leblon, na Zona Sul do Rio (Foto: ranimiro/Shutterstock)

Morar em um condomínio oferece diversas vantagens, como lazer, conforto e segurança, entre outros benefícios. No entanto, é importante considerar que todas essas comodidades têm um custo: a taxa de condomínio, que pode impactar o orçamento da família de forma significativa.

Uma pesquisa inédita sobre a referida cobrança do mercado imobiliário, feita pela startup Loft, mostrou que o Leblon, Barra da Tijuca, Lagoa e Ipanema são os bairros no Rio de Janeiro com a taxa de condomínio mais cara da cidade.

No Leblon, na Zona Sul da cidade, o valor médio mensal de um condomínio para um imóvel de 150m2 é de R$ 2200. Na Barra da Tijuca, a taxa de condomínio de um apartamento com a mesma metragem sai por R$ 2.145Já nos bairros Lagoa, Gávea e São Conrado, as taxas médias dos condomínios saem a R $2.130, R$ 1.995, R$ 1980, respectivamente. Ipanema tem o mesmo valor que o bairro Lagoa.

O estudo apontou ainda que a cidade carioca tem um valor médio de condomínio de R$11,24 por metro quadrado. Simulando o mesmo apartamento de 150m2, o preço mensal para o condomínio fica em R$1.686

Advertisement

Gerente de comunicação de dados da Loft, Fábio Takahashi, explica que existem muitos fatores que influenciam diretamente no valor do condomínio, como a idade do prédio, estrutura, a quantidade de apartamentos e também as despesas na folha de pagamento dos funcionários.

“Quanto mais comodidades e serviços oferecidos, como piscina, academia, áreas de lazer e segurança, quanto menos moradores dividirem esse custo, maior tende a ser o valor da taxa de condomínio.”

Outro estudo do núcleo mostrou que o valor do condomínio é um dos três itens que os compradores de imóvel mais levam em consideração na hora de escolher um apartamento, atrás apenas das características da unidade e da localização pretendida.

Para entender como essa cobrança é feita, a Loft analisou 450 mil anúncios das principais plataformas digitais no Rio de Janeiro. Foram considerados apenas bairros com ao menos 100 imóveis anunciados no último mês.

Veja os 15 bairros com o maior valor médio para apartamentos (simulando a taxa para apartamentos com 150m2).

Sem titulo 9 Veja os bairros com as taxas de condomínio mais caras do Rio

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Veja os bairros com as taxas de condomínio mais caras do Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui