Vereador Felipe Michel é expulso por assistidos do programa Seguir em Frente

Felipe Michel retornou à Praça da Cruz Vermelha, com a intenção de expressar críticas. Para sua surpresa, os moradores de rua presentes não apenas o expulsaram do local, mas também elogiaram o programa.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: CMRJ

O vereador Felipe Michel (PP) é um demagogo, foi situação no segundo governo Eduardo Paes e no governo Marcelo Crivella, como não conseguiu ser secretário na atual gestão, se tornou oposição. Sua escolha de “nêmesis” recai sobre o programa “Seguir em Frente“, um plano de assistência para pessoas em situação de rua que já beneficiou quase mil pessoas em apenas um mês. Até o dia 23/1, mais de 600 indivíduos foram reintegrados ao mercado de trabalho por meio desse programa abrangente, concebido com várias etapas de apoio.

Na noite desta segunda-feira, 29/1, Felipe, que já havia realizado um vídeo mal editado em um dos locais do programa na Praça da Cruz Vermelha, no Centro do Rio, retornou ao local. Seu intento era novamente criticar, criar uma edição mostrando moradores de rua no local, e lançar algumas frases de efeito. No entanto, o não tão nobre edil não esperava ser expulso aos gritos pelos beneficiários do Seguir em Frente.

O vídeo começa com críticas ao programa, mas logo os presentes reagem, revoltados com suas palavras.

A revolta se intensifica logo depois, culminando na expulsão de Felipe Michel aos gritos de “O Projeto tá bom“. Esse momento de virada no vídeo revela a clara discordância entre o vereador e a comunidade beneficiada pelo “Seguir em Frente”. A expressão sonora da aprovação ao programa ressoa como uma resposta vigorosa contra as críticas de Felipe, proporcionando uma visão contundente do apoio que o projeto recebe daqueles que diretamente experimentam seus benefícios.

Advertisement

Leia também

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

Em um áudio outros assistidos falam que não tinham banheiro para tomar banho, lugar para lavar roupa e que está ruim para quem não sabe correr atrás. E repetem, o “projeto tá bom“:

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Vereador Felipe Michel é expulso por assistidos do programa Seguir em Frente

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Esquisito. Vou considerar que foi a noite, alias não foi colocado na matéria a hora em que ocorreu tais eventos. Portanto sugere que o PAR funciona 24h/7d direto. No primeiro corte de vídeo já aparece uma pessoa de polo azul a frente do tal vereador que dá impressão de ser o uniforme da prefeitura. Não dá a impressão de que quem fala está próximo ou tendo um contato direto com os tais assistidos. A postura é de obstáculo. No segundo quando o vereador está saindo, não é possível dizer se as 3 ou 4 pessoas que vão até a grade são realmente assistidos, funcionários ou terceirizados não uniformizados que poderiam estar ali naquela hora, mas aparentam estar vestidos casualmente e quase todos com celulares filmando. Até os miseráveis podem ter celular, não é empecilho algum. Mas causa curiosidade. Áudio separado do vídeo cristaliza que são produtos separados ou com edição. Infelizmente, está mais para os “guardiões do Crivella” do que a caracterização de apoio. Seria bom que tanto o Vereador como a prefeitura se explicassem sobre o funcionamento do PAR Cruz Vermelha para tirar dúvidas e o disse-me-disse que está gerando essa necessidade de manter essa pauta na mídia.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui