Vereadores do Rio adiam votação sobre cancelamento de medalhas dos irmãos Brazão pela 6ª vez

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Sessão parlamentar na Câmara Municipal do Rio de Janeiro - Foto: Divulgação

Na sessão plenária da Câmara Municipal do Rio de Janeiro desta terça-feira (04/06), os vereadores mais uma vez evitaram votar o pedido de cancelamento do conjunto de medalhas Pedro Ernesto concedidas aos irmãos Domingos e Chiquinho Brazão. Os irmãos estão presos desde março sob a acusação de envolvimento no assassinato da vereadora Marielle Franco (Psol).

img 8726 Vereadores do Rio adiam votação sobre cancelamento de medalhas dos irmãos Brazão pela 6ª vez
Foto: Reprodução TV CÂMARA

A iniciativa foi apresentada pela vereadora Mônica Benício (Psol), viúva de Marielle, mas, mais uma vez, não obteve o quórum necessário para ser aprovada. Dos 40 parlamentares presentes, apenas 20 votaram, com 18 a favor do cancelamento das medalhas e duas abstenções, insuficientes para alcançar os 26 votos necessários, sendo a sexta tentativa frustrada de votar a cassação da honraria. O requerimento de Mônica Benício será retomado na próxima sessão plenária.

Em uma denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) datada do dia 7, os irmãos Brazão e o delegado Rivaldo Barbosa foram acusados de envolvimento no assassinato de Marielle Franco. A PGR apontou os irmãos Brazão como mandantes do homicídio e como integrantes de uma organização criminosa. O delegado Rivaldo Barbosa também foi denunciado como mandante do crime. A delação de Ronnie Lessa, autor confesso do assassinato, implicou os irmãos Brazão como os mandantes do crime.

Advertisement
Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Vereadores do Rio adiam votação sobre cancelamento de medalhas dos irmãos Brazão pela 6ª vez
Advertisement

2 COMENTÁRIOS

  1. Politicos defendendo marginais já é costumeiro. Agora, ver o povo defendendo os marginais por pura idolatria a politicos é novidade. Muito curioso o ponto que chegamos.

  2. Denúncia? Já houve condenação? Já transitou em julgado? Que eu saiba no Brasil o “suspeito” é inocente até a condenação em última instância, é mentira o que escrevi? Até o atual presidente já foi “descondenado” então que se aguarde até a condenação dos irmãos Brazão, ora bolas! Não sou defensor de bandido, não tenho nada a favor deste senhor e seu irmão, penso que a distribuição de medalhas pela Câmara é vergonhosa e aviltante, eles dão medalhas pra qualquer desqualificado, mas acho engraçado que a esquerda que não apoia a prisão em primeira e segunda instância, que seria altamente benéfica ao Brasil, quando uma pessoa que eles não gostam é preso já querem tirar tudo do cara, que nem condenado foi.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui