‘Vilar dos Teles voltará a ser a Capital Nacional do Jeans’, afirma Cláudio Castro em visita a São João de Meriti

Castro lembrou que o município da Baixada Fluminense foi, na década de 80, a Capital Nacional do Jeans e garantiu que o título voltará para a cidade

São João de Meriti - RJ - 25/08/2022 - Caminhada em Vilar dos Teles - São João de Meriti Foto: Rafael Campos

O governador e candidato à reeleição ao Governo do Rio, Cláudio Castro, caminhou, no início da tarde desta quinta-feira (25/8), pelas ruas de Vilar dos Teles, em São João de Meriti. Acompanhado do candidato a vice-governador, Washington Reis, apoiadores e moradores do município da Baixada Fluminense, Castro lembrou que São João de Meriti já foi, na década de 80, a Capital Nacional do Jeans e garantiu que o título voltará para a cidade. 

  • “Estamos incentivando o setor produtivo para que importantes polos, como Vilar dos Teles, recuperem a sua importância na produção nacional. São João tem a maior densidade demográfica da Baixada e ficou conhecida como cidade dormitório pela falta de empregos. Vamos mudar isso, facilitando o crédito e reduzindo impostos, como fizemos com combustíveis, telefonia, luz e gás”, afirmou Cláudio Castro.

Na caminhada, o governador defendeu as políticas de facilitação de crédito para empresas e afirmou que também aposta na mobilidade para atrair investimentos e novos empreendimentos, como os centros de distribuição e empresas de e-commerce, como a Magazine Luiza e a Amazon.

Uma das propostas de Cláudio Castro é ampliar as linhas de crédito para empreendedores por meio da AgeRio. Nos 23 meses em que está à frente do Governo do Estado, já foram liberados R$ 806 milhões, que beneficiaram mais de 32 mil empresas em todo o estado. Além disso, em 2021, o Rio de Janeiro bateu o recorde de abertura de empresas, com 72.894 negócios. No total, foram mais de 165 mil empreendimentos abertos.

Mobilidade na Baixada

A principal ação de mobilidade urbana para a Baixada sai do papel ainda este ano, quando começam as obras do MetrôLeve, que ligará a Pavuna a Nova Iguaçu, passando por São João de Meriti, facilitando o acesso ao Centro da capital. Outras obras importantes serão a ligação da Via Light à Avenida Brasil e a TransBaixada, entre a Washington Luís e a Via Dutra.

A apenas 27 km do centro da cidade do Rio de Janeiro e com divisas com Duque de Caxias, Nilópolis, Belford Roxo e Mesquita, São João de Meriti possui localização estratégica e a chegada do metrô, além de valorizar a região, vai integrar o comércio local à Região Metropolitana.

Advertisement

4 COMENTÁRIOS

  1. Concordo com planejamento de mobilidade, tbm recuperar as linhas férreas de Niterói e S. Gonçalo para a implementação da linha 3 do metrô. Essa mobilização e essencial p a Economia do RJ.

  2. Tudo populismo feito com dinheiro da CEDAE e ainda por cima deve ta pegando os 5% da propina, quero ver quando o dinheiro acabar. Que deus tenha misericórdia do Rio de Janeiro

  3. Reduza ICMS de venda, acabe com a substituição tributária, garanta mais segurança pública e reduza a energia elétrica. Tudo simples de propor, mas complicado de fazer.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui