Wonka, MUHCAB, RIR 2024 e mais: Alvaro Tallarico e as boas do Rio

Analisando e filtrando o melhor da cultura para você

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
As Boas do Rio com Alvaro Tallarico
"Wonka" é a aposta da Warner para dezembro (divulgação/Warner)

Olha aí, gente boa! Aqui escreve o jornalista cultural Alvaro Tallarico com aquela triagem do melhor da cultura no Rio de Janeiro. Primeiramente, quem gosta de Rock in Rio deve se ligar, pois hoje (07) começam as vendas para a edição 2024, às 19h, exclusivamente na plataforma Ticketmaster. A edição comemorativa dos 40 anos do festival promete ser histórica, e os fãs podem adquirir o Rock in Rio Card, um ingresso antecipado que garante a entrada antes da confirmação completa do lineup. Artistas já anunciados incluem Ed Sheeran, Imagine Dragons, NE-YO, Joss Stone, Angelique Kidjo, Ivete Sangalo, Ludmilla, Lulu Santos, Jão, Gloria Groove e Os Paralamas do Sucesso. O evento está marcado para os dias 13, 14, 15, 19, 20, 21 e 22 de setembro de 2024, na Cidade do Rock, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro.

Outra boa é ver a Cia. Dos à Deux no Teatro Firjan SESI Centro (Av. Graça Aranha, 1 – Centro) com “Enquanto você voava, eu criava raízes”, entre 7 e 17 de dezembro. O espetáculo, premiado e indicado em diversos prêmios de teatro, apresenta uma narrativa não linear, com dramaturgia, cenografia, coreografia, encenação e performance de André Curti e Artur Luanda Ribeiro. Após participar da Némo 2023 em Paris, a companhia retorna aos palcos cariocas para esta temporada, que promete uma experiência envolvente entre o onírico e a realidade.

Wonka e Puan nos cinemas

Na Sétima Arte, tem a estreia neste dia 7 de dezembro do ótimo filme argentino “Puan”, dirigido e escrito por María Alché e Benjamín Naishtat, é uma das produções indicadas ao Prêmio Goya Ibero-americano 2024. Já sendo um sucesso de bilheteria na Argentina, com mais de 100 mil espectadores, o filme é uma coprodução envolvendo empresas do Brasil, Argentina, Itália, França e Alemanha, com distribuição no Brasil pela Vitrine Filmes.

A trama segue Marcelo (Marcelo Subiotto), um professor de filosofia da Universidade Puan, que busca preservar o legado acadêmico de seu falecido mentor ao competir por uma cadeira na cátedra da instituição contra Rafael (Leonardo Sbaraglia). Diante de um contexto político instável, o professor enfrenta o desafio de provar sua competência para si mesmo e para seus colegas, destacando a tensão no ambiente acadêmico. Engraçado e cheio de críticos sociais, vale muito a pena. Tive a oportunidade de entrevistar o diretor e o elenco, e todos exaltaram a qualidade da produção. Em especial, Marcelo deu um show de simpatia, assim como entrega uma ótima atuação.

Advertisement

Ademais, a convite da Warner, já vi o aguardado “Wonka” estrelado por Timothy Chalamet e fiquei surpreso, pois é muito bom. O filme explora a origem do famoso Willy Wonka do clássico “A Fantástica Fábrica de Chocolate”. Oferece uma abordagem refrescante, combinando novidade com elementos nostálgicos. Com um roteiro equilibrado, performances notáveis e direção de arte encantadora, o filme segue uma narrativa de conto de fadas que pode agradar tanto crianças quanto adultos.

Germinação das Árvores: Entre o Teatro Negro e o Real

No dia 12 de dezembro, às 19h, o MUHCAB, Museu da História e Cultura Afro-Brasileira (Rua Pedro Ernesto, 80 – Gamboa) sediará o evento “A Germinação das Árvores: Entre o Teatro Negro e o Real” em celebração ao Dia dos Direitos Humanos. Com mesas de debate sobre “Performar a Saúde Mental Negra nas Artes” e “O Negro e as Artes Cênicas”, o evento terá a participação de destacados intelectuais negros, incluindo Sol Miranda, Thiago Viana, Larissa Silva da Conceição e Thais Ayomidê. E, veja só que maravilha, a entrada é gratuita.

O destaque do evento é o lançamento do livro “A Retomada das Árvores”, fruto da pesquisa de mestrado de Jeff Fagundes. O estudo analisa a representação do negro nas artes cênicas, explorando a identidade cultural do povo negro e o papel do Teatro Experimental do Negro e Abdias Nascimento. Simultaneamente, o solo “Iroko: Meu Universo” será desmontado para compreender o potencial transformador do teatro na saúde mental da população negra. Haverá distribuição gratuita dos livros através do sympla, válido apenas para o dia de lançamento.

Por fim, dia 10, domingo, tem Conexão Coreia no Club Municipal na Tijuca, com o melhor da cultura sul-coreana, a partir das 13h.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Wonka, MUHCAB, RIR 2024 e mais: Alvaro Tallarico e as boas do Rio
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Wonka, MUHCAB, RIR 2024 e mais: Alvaro Tallarico e as boas do Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui