Arcebispo do Rio, Dom Orani pede paz à cidade e ‘prudência’ à população ao sair de casa

Líder da Arquidiocese se manifestou sobre a onda de violência ocorrida no Rio na última segunda (23/10), com mais de 30 ônibus sendo incendiados

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Dom Orani João Tempesta - Foto: Reprodução

O cardeal arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, se manifestou sobre a onda de violência ocorrida na capital fluminense na última segunda-feira (23/10), com 35 ônibus sendo incendiados na Zona Oeste em represália à morte de Matheus da Silva Rezende, de 24 anos, sobrinho do miliciano Zinho.

Por meio de um vídeo, Dom Orani pediu paz à cidade e apelou para que as pessoas sejam cautelosas se precisarem ir à rua.

”Caríssimos irmãos, presbíteros, devido aos acontecimentos da tarde de segunda-feira na nossa cidade, recomendo toda prudência para celebrações, missas, se possível propor estarem mais atentos ao sair de casa, especialmente na região Oeste, a mais atingida”, disse.

Dia seguinte

Na manhã desta terça (24/10), o Rio ainda sentia reflexos do caos instaurado na cidade no dia anterior. Especialmente na Zona Oeste, ônibus convencionais operavam com 80% da frota, enquanto que o sistema BRT tinha intervalos irregulares no corredor Transoeste.

Advertisement

Paralelamente, o ramal Santa Cruz da SuperVia tinha viagens suspensas à Central do Brasil. A tendência é que a situação se normalize gradualmente.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Arcebispo do Rio, Dom Orani pede paz à cidade e 'prudência' à população ao sair de casa
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Arcebispo do Rio, Dom Orani pede paz à cidade e 'prudência' à população ao sair de casa
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui