Curiosos perto de balão que caiu nos arredores do Riocentro neste domingo (29/11) - Foto: Reprodução

Embora seja considerada uma prática ilegal segundo o art. 261 do Código Penal e crime ambiental de acordo com o art. 42 da lei 9.605/98, o ato de soltar balão ainda acontece com frequência no Rio de Janeiro. Neste domingo (29/11), inclusive, um desses artefatos caiu junto ao Riocentro, na Zona oeste da cidade, causando apreensão na região, mas felizmente sem deixar feridos.

Balão caindo sobre o Riocentro neste domingo (29/11)

A queda do balão neste domingo no Riocentro atraiu curiosos no local, e precisou da chegada de uma viatura da Polícia Militar (PMERJ) para afastar os curiosos. Vale lembrar que há um hospital de campanha no combate à Covid-19, administrado pela Prefeitura da capital fluminense, instalado no local.

Balão caído no Riocentro

E esta não foi a primeira vez que isso aconteceu. Em julho de 2018, o pavilhão 3 do famoso centro de convenções foi atingido por um incêndio de grandes proporções devido à queda de um balão no telhado do local. Felizmente, à época, por não haver ninguém por lá no momento do ocorrido, também não houve feridos.

Exatamente 1 ano antes disso, isto é, em julho de 2017, outro balão já havia caído perto dali, sobre o velódromo, no Parque Olímpico. A então queda também acabou ocasionando um incêndio.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Mais recentemente, em julho deste ano, um balão de 18 metros também caiu no Aeroporto do Galeão, na Ilha do Governador, Zona Norte. Segundo as polícias Civil e Federal, um acidente aéreo de proporções imensuráveis poderia ter acontecido. Inclusive, houve troca de tiros no local com criminosos que tentaram invadir o terminal para pegá-lo. Vale lembrar que, segundo dados da Secretaria de Polícia Militar do Rio de Janeiro, o Comando de Policiamento Ambiental da Polícia Militar (CPAm), desde o início do ano até julho, 142 balões haviam sido apreendidos em todo o estado.

O DIÁRIO DO RIO entrou em contato tanto com o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), pertencente à Força Aérea Brasileira (FAB), quanto com a PMERJ para comentarem o assunto, mas, até o fechamento desta matéria, não obteve resposta.

2 COMENTÁRIOS

  1. […] No último domingo (29/11), mais um balão em chamas caiu dentro do centro de convenções – onde fica o hospital de campanha que atende vítimas da Covid-19 – e o espaço chegou a ser invadido por quase 30 pessoas para resgatar outro balão. Apesar da polícia ter chegado ao local momentos depois, ninguém foi preso. Só em 2019, foram avistados mais de 700 balões sobrevoando o centro de convenções. Desses, 27 caíram no local. […]

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui