Foto: Divulgação

Neste domingo (25/10), a candidata à prefeitura do Rio, Benedita da Silva (PT), declarou que o apoio do povo e de artistas vai levá-la ao segundo turno e à prefeitura. A declaração foi feita na Vila Kennedy, onde ela encontrou mototaxistas e iniciou uma carreata pela Zona Oeste.

A recepção calorosa do povo e o apoio dessas personalidades mostram que este é o momento da grande virada para chegarmos à prefeitura.” 

Nesta sábado (24/10), foi lançado um manifesto com assinatura de várias personalidades do Rio de Janeiro em apoio à candidatura de Benedita. Entre os famosos que apoiam Benedita estão Chico Buarque, Fabio Assumpção, Wagner Moura, Gregório Duvivier, Martinho da Vila, Teresa Cristina, Zé de Abreu, Ziraldo, Leoni, Otto, Cláudia Abreu, Leci Brandão, Carol Proner, Fabiana Cozza, Erom Cordeiro, Marcos Manhães Marins, Francis Hime, Eliane Giardini, Julia Lemmertz, Lúcia Murat, Sílvia Buarque, Lucélia Santos, Wagner Tiso, Margareth Menezes, Sergio Loroza, Guta Stresser, Hildegard Angel, Angela Vieira, Tata Amaral, Bete Mendes, Biro do Cavaco, Carlinhos Vergueiro e mais de 300 pessoas. 

O ex-presidente Lula encabeça o manifesto, com outros nomes da política, como Dilma Rousseff, Fernando Haddad, Flávio Dino e Manuela D’Ávila. 

Carreata

A carreata na Zona Oeste foi recebida com alegria, com muitas pessoas acenando das calçadas e janelas. A recepção calorosa nas ruas e o manifesto de artistas e intelectuais, segundo Benedita, são os sinais de que ela estará no segundo turno para vencer a eleição. São, segundo Benedita, “pessoas comprometidas com o bem comum do Rio de Janeiro, personalidades públicas, militantes da causa ambiental, das causas sociais e raciais, que querem uma cidade para todas e para todos“.

Compromisso com mototaxistas

Na Vila Kennedy, ela se comprometeu em atender as reivindicações de mototaxistas, principalmente em relação à regulamentação da profissão para que não sejam explorados, além do desenvolvimento de um aplicativo de chamadas. 

Benedita discursou em cima de um carro de som no maior conjunto habitacional da cidade. Localizado em Bangu e Padre Miguel, o Dom Jaime Câmara tem 26 mil moradores. 

Eu tenho 78 anos, sou aposentada e não estou atrás de emprego nem de boa vida. Poderia estar curtindo meus bisnetos, mas não me curvo diante da maldade que estão fazendo. Não aguento ver minha cidade desse jeito, com hospitais fechados, sem médicos, o morador da Zona Oeste sofrendo mais de 2 horas todo dia no ônibus para chegar ao Centro“, discursou Benedita. A carreta foi até o centro de Bangu.

Combate à discriminação 

Ao falar sobre a discriminação contra pessoas pobres e pretas, Benedita fez um apelo pela união do eleitorado em prol de quem luta contra o racismo. 

“Eu digo pra negrada: nós viemos em vários navios negreiros, mas temos que ter a mesma consciência e a mesma vontade. É por isso que digo: votem 13, em Benedita da Silva e na Enfermeira Rejane. Bota fé na mulher que dá.”

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui