Bombeiros seguem trabalhando para conter focos de incêndio na Ceasa, em Irajá

Corporação informa que dentro das lojas ainda surgem chamas e que as estruturas foram comprometidas, o que dificulta o acesso ao local; 38ª DP investigará a causa do incidente

Foto: Reprodução

O Corpo de Bombeiros ainda trabalha, nesta terça-feira, (01/11), para apagar o incêndio na Central de Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro (Ceasa-RJ), na Zona Norte do Rio. A corporação informa que dentro das lojas ainda surgem pequenos focos de incêndio e que a estrutura foi comprometida, o que dificulta o acesso ao local das chamas.

Cerca de cinco lojas pegaram fogo na última segunda-feira, (31/10) e ficaram completamente destruídas. Testemunhas afirmaram que as chamas começaram por volta de 9h em uma loja de descartáveis e se alastrado para uma loteria, um mercadinho e um depósito de bebidas. O maior foco de incêndio só foi controlado às 16h. Bombeiros de sete quartéis reforçaram o atendimento a ocorrência, sendo: Irajá, Penha, Centro de Suprimento Motomecanizado (CSM), Grupamento Técnico de Suprimento de Água para Incêndio (GTSAI), Duque de Caxias, Campinho e Guadalupe.

No meio do fogo e correria, inúmeras pessoas, não identificadas, saquearam o local. Os seguranças do Ceasa-RJ deram tiros para o alto para frear a confusão e polícia militar fez uma patrulha de reforço.

Foto: Reprodução

A 38ª DP (Irajá) mandará uma equipe para fazer uma perícia no local assim que todos os focos de fogo forem controlados para identificar a causa do incêndio.

Mesmo com o a interdição no pavilhão 73, o local segue funcionando. Por causa do efeito das chamas, há muito trânsito na entrada da Ceasa-RJ. As outras unidades seguem operando.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui