BRT Seguro realizou mais de 3 mil prisões por roubo, furto, vandalismo e importunação sexual em três anos

As equipes do BRT Seguro também são responsáveis por coibir os calotes em todo o sistema. Nessas ações já foram aplicadas 17.800 multas por evasão

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Ônibus do sistema BRT no Terminal Gentileza - Foto: Divulgação/Mobi-Rio

Três anos após a sua criação, em junho de 2021, o programa BRT Seguro, coordenado pela Secretaria de Ordem Pública, já realizou cerca de 3.400 prisões por roubo, furto, vandalismo, desacato e importunação sexual. As ações de patrulhamento e fiscalização, somadas às melhorias do sistema BRT, acarretaram em uma redução de 90% dos gastos da Mobi-Rio com reparo causados pelas ocorrências de vandalismo.

Além de atuar para garantir a segurança dos passageiros e combater o dano às estações, as equipes também são responsáveis por coibir os calotes em todo o sistema. Nessas ações já foram aplicadas 17.800 multas por evasão.

As 140 estações do sistema BRT e os 12 terminais são monitoradas 24 horas pelas 2.100 câmeras da Mobi-Rio e a qualquer indício de atividade suspeita ou fora do padrão, os agentes do BRT Seguro são acionados para verificar a ocorrência.

Advertisement

Os agentes também realizam fiscalização em veículos que transitam irregularmente na pista exclusiva do BRT. Nessas operações já foram registradas mais de 7.300 autuações. Em parceria com o Centro de Controle Operacional da Mobi-Rio, os agentes realizam patrulhamento em viaturas, nas estações e embarcados nas composições e também fazem operações de ordenamento urbano nas estações e ações para coibir pessoas em situação de rua nos terminais.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp BRT Seguro realizou mais de 3 mil prisões por roubo, furto, vandalismo e importunação sexual em três anos
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui