Chafariz da Praça Paris, na Glória, volta a funcionar após ser alvo de vandalismo

O chafariz estava parado desde 2017 e havia sido religado no dia 2 de setembro, mas foi novamente depredado

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Chafariz dos Golfinhos, na Praça Paris / Divulgação: SECONSERVA

O famoso Chafariz dos Golfinhos, instalado na Praça Paris, na Glória, voltou a funcionar nesta quarta-feira (8/11), após mais de dois meses em manutenção. O chafariz estava parado desde 2017 e havia sido religado no dia 2 de setembro, mas não chegou a ficar uma semana em atividade.

Alvo de vandalismo em três ocasiões – uma delas em agosto, ainda no período de teste, e duas em setembro, depois de voltar a funcionar –, teve furtados mais de 300 metros de cabos e o comando elétrico inteiro. O prejuízo aos cofres públicos ultrapassou R$ 10 mil, sem levar em conta a mão de obra, segundo informou a Secretaria de Conservação do Rio.

O investimento para reparo do equipamento foi de cerca de R$ 95 mil – o serviço incluiu a troca do comando elétrico, das bombas de água e dos cabos de energia. Inaugurado em 1929, o chafariz é composto por três névoas circulares, duas próximas à borda e outra central, e quatro golfinhos que jorram água – feitos em argamassa, os golfinhos são réplicas dos existentes nos jardins do Palácio de Versailles, na França.

Para tentar coibir os furtos, foi instalada uma câmera de monitoramento que fica 24 horas voltada para a casa de máquinas do chafariz e conectada ao Centro de Operações Rio (COR). O secretário de Conservação, Marco Aurelio Regalo de Oliveira, ressalta que as autoridades competentes também foram acionadas. “A Prefeitura investe e a Conservação zela pelos monumentos e chafarizes, mas é preciso que as pessoas nos ajudem a combater o vandalismo, que causa prejuízo e destrói bens que pertencem a toda a cidade”, diz ele.

Advertisement

Em duas ocasiões, câmeras do COR gravaram a ação dos criminosos. Além de fazer o registro das ocorrências, os técnicos da Prefeitura do Rio entregaram as imagens às autoridades policiais, que são responsáveis pela investigação dos casos de furto e vandalismo. “O Centro de Operações possui um espaço exclusivo de monitoramento no maior videowall da América Latina. Isso reforça a importância e o cuidado que temos com os monumentos cariocas, obras que contam um pouco da história da nossa cidade. O trabalho não pode parar por aqui e a nossa intenção é aumentar a quantidade de câmeras assim que for possível”, destaca o chefe-executivo do Centro de Operações Rio, Marcus Belchior.

O vandalismo no Chafariz dos Golfinhos não é um caso isolado de danos a esse tipo de patrimônio carioca. O chafariz da Praça Saens Peña, na Tijuca, foi vandalizado ao menos duas vezes após ter sido recuperado, em 2021. Já os nove chafarizes da Avenida Princesa Isabel, em Copacabana, tiveram a casa de máquinas arrombada e precisaram de reparos dias depois de serem religados, em 2022.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Chafariz da Praça Paris, na Glória, volta a funcionar após ser alvo de vandalismo
Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Bom já é o início de alguma coisa,mas não é só botar câmeras ali não? que eles (os moradores de rua ou o que seja,não tão nem aí, eles entram e tira o que querem,tem que botar é a guarda municipal 24 horas ali dentro das praças, aí vai melhorar o ambiente, mas tem muita coisa pra eles fazerem, tem que botar ou devolver os bancos que a prefeitura tirou ,tem que botar banheiros químicos na praça, pois moradores de rua vão na praça pra defecar e urinar,não só eles mas qua do tem eventos ou reuniões de músicas, tem que botar mais iluminação na praça, tem recolocar uma cabine,que a que tinha foi abandonada,e foi depredada,tem que recolocar os ferros que foi tirado em torno da praça, para adentrarem na praça e surpreender quem visita o local,outra botar várias lixeiras grandes e pequenas em toda a praça, mas porém tem que retirar os lixos porque se não vai virar depósito de lixo,outra além de recolocar os bancos ,eles tem que ser higienizados todos os dias ou dia sim e dia não, assim como banheiros químicos, é essa a minha opinião, há outro pedido é que a prefeitura da gestão do sr paes que possa colocar um aparelho de ginástica dentro da praça Paris para a terceira idade pois os de fora da praça ta vandalizado.bom é esse o meu pedido,eu sei que é um pouco de exigência mas as Praças de muitos anos atrás ninguém se atreveria de vandalizar pois ia pra cadeia na certa,,mas tem que proteger.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui