Cláudio Castro será o único governador do Sudeste a comparecer à posse de Lula em Brasília

Romeu Zema (MG) e Tarcísio de Freitas (SP) optaram por não ir à capital federal em ato de ''fidelidade'' a Jair Bolsonaro; Renato Casagrande (ES) tem cerimônia de posse em horário similar à de Lula

Cláudio Castro - Foto: Rafael Campos/Governo do RJ

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), será o único da região Sudeste a comparecer à posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Brasília, neste domingo (01/01).

Apesar de ter sido apoiado por Jair Bolsonaro – são do mesmo partido – e de ter diferenças ideológicas com Lula, Castro fez questão de marcar sua cerimônia de posse na Alerj na parte da manhã para estar presente na capital federal à tarde acompanhando de perto o retorno de Luiz Inácio ao comando do Poder Executivo brasileiro.

Isso porque o governador do RJ pretende ter boa relação com Lula. Segundo ele, inclusive, ”trabalharão juntos” em prol da retomada econômica e política fluminense.

Em contrapartida, Romeu Zema (Novo) e Tarcísio de Freitas (Republicanos), governadores de Minas Gerais e São Paulo, respectivamente, também aliados de Bolsonaro, pretendem manter a proximidade com o agora ex-presidente e, por isso, não prestigiarão a posse de Lula.

Renato Casagrande (PSB), governador reeleito no Espírito Santo, tem espectro político similar a Lula, mas sua cerimônia em território capixaba acontece também na parte da tarde, o que impede sua ida a Brasília.

A cerimônia de posse de Lula tem horário de início previsto para às 14h. Além da retomada oficial do presidente eleito ao cargo, o evento contará com diversos shows de artistas nacionais, entre eles BaianaSystem, Duda Beat e Pabllo Vittar.

Advertisement

1 COMENTÁRIO

  1. Uma coisa é trabalhar juntos pelo estado do RJ. Outra coisa é participar daquele teatro dos horrores. Cláudio Castro, fique em casa que você perde menos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui