Eduardo Paes afirma que manifestante que tentou bloquear a TransOeste já foi preso por roubo

Prefeito do Rio diz que o homem foi detido em flagrante, armado, em junho de 2020. ‘Vai vendo! Cidadão patriota e do bem. Colocado em liberdade em 2022 e já está querendo defender a pátria’

Eduardo Paes
Eduardo Paes - Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Na manhã desta terça-feira, (01/11), Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, afirmou, através das redes sociais, que um dos homens que tentou fechar a TransOeste já foi preso por roubo. De acordo com Paes, o homem foi detido em flagrante praticando o crime com outras pessoas, e armado, no dia 24 de junho de 2020 e só foi colocado em liberdade no dia 16 de julho de 2022.

“Vai vendo! Cidadão patriota e ‘do bem’ tentando fechar a TransOeste na manhã de hoje”, disse Eduardo Paes.

Paes ainda informa que ações que prejudiquem o povo não serão aceitas na cidade do Rio. “Protestar é um direito de todos. O que não pode é baderna e prejudicar o povo trabalhador em razão da ação de pequenos grupos claramente com fins políticos. Na cidade do Rio não iremos permitir. A GM manterá a livre circulação em nossa cidade, certamente com o apoio da PM”, conclui o prefeito.

As manifestações contra o resultado das eleições 2022, onde o candidato Luis Inácio Lula da Silva (PT) saiu vitorioso, vem causando diversas paralisações no Rio de Janeiro. Na segunda-feira, (31/10), apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) fecharam por horas a Via Dutra, na altura de Barra Mansa e houve relatos de agressão, e empresas de ônibus que circulam pela Dutra chegaram a suspender a venda de passagens.

Os bloqueios de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) entraram nesta terça-feira, (01/11) no segundo dia.

Advertisement

5 COMENTÁRIOS

  1. Qual é Duduxo…se isso fosse um pais serio, voce Cabral e Lula estariam jogando baralho na prisão !!!
    Aguarde 2024…ta pensando que vai concorrer com Crivella de novo é? Pro povo ter que escolher o “menos pior” ? Dessa vez vamos varrer voce daqui.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui