Cesar MaiaO vereador Cesar Maia (Democratas) e pré-candidato ao governo do Rio de Janeiro em 2014 deu uma entrevista ao Jornal do Brasil em que comenta, basicamente, sobre a futura eleição.

Na entrevista Maia diz que deve ser candidato a governador, como já eu havia falado aqui, ao menos que seu partido lançará um candidato e, que sendo o mais conhecido, provavelmente será ele. O interessante é o apoio a presidente, apesar de ser um antigo aliado de Aécio Neves (PSDB), o Democratas do Rio de Janeiro pode vir a apoiar Eduardo Campos (PSB), especialmente se os boatos confirmarem que o PSDB/RJ fecharia um apoio a candidatura de Miro Teixeira (PDT) a governador.

Para Maia haverá mais de 6 candidatos com potencial nas eleições de 2014. Além de seu nome, inclui o nome que Marina Silva (REDE) escolherá, já que a ex-Verde foi muito bem votada no Rio de Janeiro em 2010, Lindbergh Farias (PT), Pezão (PMDB), Miro Teixeira (PDT) e Garotinho (PR). O que já deixa essa eleição bem interessante e que terá um dos debates mais incríveis dos últimos anos.

Veja o trecho em que Cesar Maia fala sobre o provável 2º turno de 2014:

JBDos seis ou sete candidatos, quem que o senhor acha que vai para o segundo turno?

Cesar Maia – Muito difícil dizer. Vamos falar de seis candidatos, isso é uma análise de seis, dois a dois. Quaisquer dois podem ir. E é isso que vai tornar essa eleição excitante. Pode ir o Miro, o candidato da Marina, o Lindbergh, o Pezão, o Garotinho, eu mesmo. Agora, vamos ter uma eleição em que no início os índices de intenção de voto poderão ficar por volta de 10% ou 12% indo até 20% e qualquer movimento, um passa na frente do outro. Então, eu não arriscaria dizer que há uma dupla favorita. Ninguém é favorito e por isso, todos são favoritos.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui