Eletronuclear doou 46 objetos relacionados à história da energia nuclear ao Museu de Astronomia e Ciências Afins do Rio

Sem uso para a estatal, as peças testemunham a memória da energia nuclear no Brasil e serão higienizadas e preservadas pelo museu.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Daniela Reis

Na última quinta-feira (30/11), a Eletronuclear doou 46 objetos relacionados à história da energia nuclear ao Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast). A assinatura do termo de doação ocorreu na biblioteca do museu, no Rio de Janeiro (RJ), com a presença do diretor-presidente em exercício da empresa, Sinval Zaidan Gama, e do diretor do Mast, Marcio Rangel.  

Sem uso para a estatal, as peças testemunham a memória da energia nuclear no Brasil e serão higienizadas e preservadas pelo museu. Entre os objetos encontram-se detector de radiação, monitor de ar contínuo, analisador de vibração, medidor de taxa de corrosão, entre outros. 

Como brasileiro me sinto orgulhoso de instituições desta natureza. Estou honrado de estar nesta casa e de participar de projetos como esse. A Eletronuclear deu eco ao projeto e a gente não pode deixar de ter uma visão holística de todos os elos do setor”, resume Sinval Gama. 

A pauta da energia nuclear entrou no escopo do museu em 2005, com o projeto “Panorama Histórico da Energia Nuclear no Brasil 1950-1980″, patrocinado pela Finep. Como resultado dessa iniciativa, o museu publicou o inventário “Panorama Histórico da Energia Nuclear no Brasil: inventário dos objetos de C&T”, assim como promoveu a exposição “Energia Brasil: Energia nuclear para geração de energia elétrica”.  

Advertisement

Leia também

Terminal Gentileza começa a operar para população; veja detalhes

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

Marcio Rangel explica que, para além de espaços de exposição, há muito potencial do acervo como material de pesquisa e de produção do conhecimento. “Esses objetos foram escolhidos para estar aqui no futuro, registrando a história nuclear daqui a 50, 100 anos”, enfatiza. 

“Ficamos felizes em contribuir com todo o processo e estarmos hoje celebrando a conclusão da doação desses equipamentos. O museu visitou nossas instalações no passado e selecionou os itens que considerava importantes para futuras pesquisas e compor o acervo para exposições. E a nossa história poderá ser contada e mostrada, atravessando as barreiras de espaço e tempo”, celebra Ana Beatriz Julião, chefe da Assessoria de Responsabilidade Social da Eletronuclear. 

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Eletronuclear doou 46 objetos relacionados à história da energia nuclear ao Museu de Astronomia e Ciências Afins do Rio

Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Eletronuclear doou 46 objetos relacionados à história da energia nuclear ao Museu de Astronomia e Ciências Afins do Rio
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui