Em 3 anos, Rio caiu 19 posições no ranking de cobertura da saúde básica

Cidade, que em 2017 estava em oitavo, hoje encontra-se na posição número 25, a antepenúltima do Brasil

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Clínicas da Família são os principais centros de saúde básica da cidade. Foto: Reprodução/Internet

Um ranking nacional que avalia a cobertura de saúde básica nas capitais do país mostra que o Rio de Janeiro piorou muito nos últimos anos. Em 2017, o Rio ocupava a oitava posição nesta lista. Este ano, encontra-se em 25º entre 27 cidades.

Há 3 anos, a cobertura de saúde básica na cidade do Rio de Janeiro chegou a 70%. Hoje em dia, de acordo com os dados obtidos pelo DIÁRIO DO RIO, chega a 43%.

Especialistas ouvidos pelo DIÁRIO DO RIO afirmam que essa queda implica diretamente na vida das pessoas mais pobres, que ficam mais vulneráveis a uma série de doenças por terem menos atendimento básico, gratuito, de saúde.

Em 2019, o DIÁRIO DO RIO publicou que, devido à má gestão da Prefeitura, justamente por ter reduzido o atendimento básico de saúde, a cidade do Rio de Janeiro perdeu quase R$ 500 milhões de investimentos federais em saúde. Esse montante é repassado pelo SUS, junto ao Ministério da Saúde, aos municípios que estão cumprindo as metas de atendimento na saúde básica.

Advertisement
WhatsApp Image 2020 09 18 at 03.33.41 Em 3 anos, Rio caiu 19 posições no ranking de cobertura da saúde básica
A queda da cobertura nos últimos 3 anos

À época, a Prefeitura informou que “a afirmação feita na demanda está equivocada, pois compara valores do ano inteiro de 2016 com oito meses de 2019, que é o período disponível até agora no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (SIOPS).”

Sobre os dados deste ano nem a Prefeitura do Rio, nem Secretaria de Saúde atenderam ou retornaram os contatos da reportagem.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Em 3 anos, Rio caiu 19 posições no ranking de cobertura da saúde básica
Advertisement

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui