Festival de Cinema sobre Energia Nuclear criado por professora da Faetec, chega ao Rio neste fim de semana

O evento acontece na Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM RIO) até 1º de junho

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Divulgação

Após exibições nos Estados Unidos, o Festival Internacional de Cinema sobre Urânio (Internacional Uranium Film Festival) chega ao Rio de Janeiro neste sábado (25). Conhecido como o festival de cinema da Era Atômica, a mostra foi idealizada pela professora da Faetec Márcia Gomes Suchanek e chega em sua 13ª edição. O evento acontece na Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM RIO) até 1º de junho. Para conferir a programação completa, basta acessar o site.

O Uranium Film foi o primeiro festival de cinema no mundo dedicado exclusivamente à temática do uso da energia nuclear, com a finalidade de abordar os riscos da radioatividade, lixo nuclear, mineração de urânio e outras questões nucleares, apresentando a cada ano um repertório novo de filmes que despertam a atenção do público para novos olhares e percepções sobre a Era Atômica.

WhatsApp Image 2024 05 23 at 12.20.17 Festival de Cinema sobre Energia Nuclear criado por professora da Faetec, chega ao Rio neste fim de semana
Foto: Divulgação

Serão exibidos 22 “filmes atômicos” de 16 países, distribuídos por sessões ao longo de uma semana. O evento é aberto ao público, com faixa etária para pessoas acima de 14 anos, os visitantes poderão assistir a quantas sessões quiserem, todas são gratuitas e acompanhadas de uma roda de conversa no final de cada filme.

Advertisement

A idealizadora do projeto, Márcia Gomes, contou como estão as expectativas para o dia 25 de maio: “Nossa expectativa é o festival todo dia cheio e com boas conversas, que seja incrível assim como foi lá fora, tenho certeza de que será aqui também”. A diretora executiva contou ainda que após o sucesso da maratona na América do Norte, recebeu um convite para realizar o festival em Hollywood.

Entre as atrações deste ano, a nova-iorquina Kirsten Larvick, que é documentarista e arquivista; Susan J. Robinson, que é uma premiada documentarista radicada nos EUA; e o norte-americano Joe Tripician. O Festival também vai contar com a presença de Alphonse Kelecom, especialista em Radiobiologia, professor da Universidade Federal Fluminense e membro permanente da Banca de Júri do Festival.

A presidente da Faetec, Caroline Alves, expressou sua alegria com a chegada do Festival ao Rio: “É uma honra saber que a idealizadora deste projeto é uma de nossas docentes. Como sempre digo, nossa rede conta com alunos e professores brilhantes. Estou muito feliz com essa conquista.”

Na segunda-feira, 27 de maio, a cineasta norte-americana Susan J. Robinson, visitará a Escola Técnica Adolpho Bloch e, na terça-feira, a comunidade escolar da Faetec (professores e alunos) poderá fazer parte de uma sessão planejada especialmente para eles.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Festival de Cinema sobre Energia Nuclear criado por professora da Faetec, chega ao Rio neste fim de semana
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Festival de Cinema sobre Energia Nuclear criado por professora da Faetec, chega ao Rio neste fim de semana
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui