Filho de Sérgio Cabral comemora soltura do pai nas redes sociais

Marco Antônio declarou que o pai é um ‘exemplo de resiliência e de amor ao próximo’, e que apesar dos problemas ele ‘nunca se abateu ou carregou ódio de ninguém’. O ex-governador do Rio deixou a cadeia na última segunda-feira, (19/12), e vai cumprir prisão domiciliar em apartamento da família na Zona Sul

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O filho de Sérgio Cabral, Marco Antônio Neves Cabral, publicou nas redes sociais uma “carta aberta” em comemoração à liberdade concedida ao seu pai pela justiça. O ex-governador do Rio de Janeiro deixou a Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói, na Região Metropolitana, na noite de segunda-feira, (19/12), após uma decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que concedeu um habeas corpus ao réu.

Na postagem, Marco Antônio diz que o ex-governador é “exemplo de resiliência e de amor ao próximo, temente a Deus, e apaixonado pela sua família”. O filho também diz que apesar de “todos os desafios e problemas, nunca se abateu, e sempre olhou para frente. Nunca carregou ódio, de ninguém que tentou te diminuir, de ninguém que te crucificou, e de ninguém que até hoje destila ódio pela boca”.

Sérgio Cabral deixou a cadeia na última segunda-feira, (19/12), por volta das 20h30, e seguiu para o local onde vai cumprir prisão domiciliar. O local é um apartamento da sua primeira mulher, Suzana Neves Cabral, localizado em um apart hotel na Rua Francisco Otaviano, no Arpoador, Zona Sul. O imóvel, que tem 80 m², fica de frente para o mar. O ex-governador deixou a cadeia utilizando tornozeleira eletrônica.

A decisão que permitiu que Sérgio Cabral cumpra prisão domiciliar foi proferida com o voto do ministro Gilmar Mendes. Também foram favoráveis ao habeas corpus os ministros André Mendonça e Ricardo Lewandowski. Já os ministros Edson Fachin, relator do processo, e Kassio Nunes Marques, votaram contra.

Com penas somadas em 425 anos e 20 dias de prisão, o ex-governador do Estado, foi condenado, até o momento, em 23 ações penais na Justiça Federal. De acordo com as determinações judiciais, não constam trânsito em julgado em nenhuma das ações penais contra ele movidas, sendo que ainda cabem recursos nos processos.

Defesa

Cabral possui quatro advogados, sendo eles: Daniel Bialski, Bruno Borrangine, Patricia Proetti e Anna Júlia Menezes. Ambos argumentaram que a prisão preventiva havia se prolongado além do prazo razoável. A defesa também afirmou que Sérgio não tem mais influência política no Governo do Rio, um dos motivos que justificou sua prisão em 2016. Na época, ele já não estava mais no cargo, mas havia conseguido emplacar o sucessor Luiz Fernando Pezão.

Sérgio Cabral continuava na cadeia por conta de um único mandado de prisão, expedido pelo ex-juiz Sérgio Moro no processo sobre recebimento de propina por irregularidades em um contrato de terraplanagem do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj).

A defesa já tinha conseguido derrubar quatro de cinco mandados de prisão e, no início do mês de novembro, o Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) também revogou duas prisões preventivas nas quais Cabral é acusado de ter pagado propina ao ex-procurador-geral de Justiça do Rio, Claudio Lopes.

Para manter o atual regime, o ex-governador deverá cumprir medidas cautelares, como usar tornozeleira eletrônica, comparecer a todos os atos do processo e não manter comunicação com pessoas envolvidas no processo.

Advertisement

6 COMENTÁRIOS

  1. Esse país tem que ir pro buraco mesmo. A população ESTÚPIDA só quer saber de rebolar a bundinha, carnaval, futebol e cerveja. Enquanto isso, os corruptos fazem o que querem. Militares bundoes nao fazem nada. NÃO DECLAREM MAIS IR!!!!!
    NÃO SUNTENTEM MAIS VAGABUNDOS PARASITAS!!!

  2. Abre aspas
    ”Votar em Sérgio Cabral é quase um obrigação moral, ética, política. Um compromisso para garantir um futuro melhor para aqueles que amamos. Ele já provou que é um homem de bem, que gosta do Rio e tem competência para fazer o que os outros não fizeram. Se não votasse em São Paulo, transferiria meu título para votar em você, no Rio de Janeiro”

  3. Pois é… um exemplo de amor ao próximo. Ama tanto ao próximo, que hoje temos vias desordenadas, com projetos interrompidos e diversos setores com escassez de verba, devido aos bons exemplos de amor ao próximo como esse cabral. Políticos que amam tanto ao próximo que deixam sua população viver de restos de verba.. o mínimo possível só pra dizer que o hospital existe… que a escola existe… sem um mínimo de decência pros que tanto precisam, enquanto esses que amam ao próximo usufruem de milhões em suas contas, com muito mais do que podem gastar, almejando mais e mais… sempre buscando um jeito de ter mais e um jeito de dar menos, pro seu povo, que tanto amam, pois afinal de contas, são exemplo grande de amor ao próximo.

  4. Esta foto é o escárnio esfregado na cara de todo fluminense. Parabéns aos envolvidos da nossa suprema corte. A felicidade de quem faz coisa errada é a infelicidade do povo ordeiro e otário que labuta todo dia. E nisso só ouvimos o “cabe recurso” e “vocês são radicais, antidemocráticos”.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui