Nem Mariana Ribas, nem apoio a Eduardo Paes (DEM), o PSDB pode vir mesmo com o ex-braço direito de Jair Bolsonaro, e ex-ministro da Casa Civil, Gustavo Bebianno. A informação é de Lauro Jardim/O Globo.

O movimento seria de alguns tucanos, como o prefeito de Macaé, Aluísio dos Santos, que formalizou o pedido para que os tucanos abram a discussão em torno de Bebianno.

Não é de estranhar, Bebbiano seria um nome muito mais votável que o de Ribas. Pode juntar Bolsonaristas descontentes, e um centro que não vê com bons olhos a proximidade de Paes e Cabral.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui