Justiça aceita pedido de recuperação judicial da Light

Dívida da concessionária é estimada em R$ 11 bilhões

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Ana Paula Viana

O pedido de recuperação da Light S.A., controladora do Grupo Light, foi deferido nesta segunda-feira (15/05), pelo juiz Luiz Alberto Alves, da 3ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro. A dívida da companhia é estimada em R$ 11 bilhões.

Na última sexta-feira (12/05), a concessionária entrou com o pedido em caráter de urgência porque, segundo documento emitido pela mesma, “os desafios oriundos da atual situação econômico-financeira da Companhia e algumas de suas subsidiárias se mantêm e vêm se agravando”.

Empresário Nelson Tanure pode fazer investimento de R$ 1 bilhão na Light; entenda

O juiz determinou que a Light mantenha suas obrigações operacionais para com a sociedade, cumprindo as metas de qualidade estabelecidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), sob pena de cassação da tutela concedida pela recuperação judicial.

O juiz do caso nomeou a empresa Licks Contadores Associados como Administradora Judicial para o processo da Light, tendo um prazo de 48 horas para a indicação dos profissionais que integrarão a equipe.

Advertisement

Leia também

MP é acionado para investigar manifestantes que declaram apoio ao Hamas na frente da Câmara do Rio

Deputados propõem destinar R$15 milhões da Alerj para 10 municípios afetados por chuvas no RJ

Em 30 dias úteis, a equipe deve elaborar e apresentar um relatório sobre todas as atividades desempenhadas pela empresa de energia elétrica, de caráter econômico e financeiro.

A Light deverá apresentar, durante todo o processo, suas contas demonstrativas mensais. Enquanto durar a recuperação judicial, ficam suspensas todas as ações e execuções financeiras contra a empresa.

O plano de recuperação judicial deve ser apresentado em até 60 dias da publicação da decisão da Justiça. O processo deve tramitar em até 180 dias.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Justiça aceita pedido de recuperação judicial da Light

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui