Lei 14.556/23: Janeiro Branco oficialmente reconhecido como mês da saúde mental

Pessoas mentalmente saudáveis compreendem que ninguém é perfeito, que todos possuem limites e que não se pode ser tudo para todos., explica a colunista Rosane Ventura.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Imagem de Hasty Words por Pixabay

O mês de janeiro agora tem um novo significado: Janeiro Branco. O mês dedicado a saúde mental.

Ano passado escrevi sobre esse tema e tirando os dados que mostram que a saúde mental só vem piorando, temos uma grande conquista para celebrar. Em Abril de 2023 o Governo Federal sancionou a Lei 14.556/23, oficializando a Campanha Janeiro Branco, iniciativa do psicólogo mineiro Leonardo Abrahão como a campanha brasileira de conscientização sobre a importância da Saúde Mental.

Uma grande conquista para todos nós profissionais de saúde mental no Brasil.

A partir de agora, a campanha passa a constar de forma oficial no calendário nacional e será realizada anualmente em todo o pais, com o objetivo de promover a conscientização da população sobre a importância da prevenção e do cuidado com a Saúde Mental.

Advertisement

Dessa forma, a população terá acesso a informações importantes sobre a prevenção de doenças psiquiátricas, com enfoque especial à prevenção da dependência química e do suicídio.

O Janeiro Branco será um mês dedicado a promover palestras, oficinas, cursos, workshops, entrevistas para a mídia, lives, caminhadas, panfletagens, rodas de conversa e abordagem de pessoas em todos os lugares nos quais as pessoas se encontram.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 10% da população mundial sofre com transtornos mentais, o que corresponderia, aproximadamente, a 720 milhões de pessoas. O Brasil é o país que lidera o ranking de ansiedade e depressão na América Latina, com quase 19 milhões de pessoas com essas condições.

Além disso, o Brasil tem o terceiro pior índice de saúde mental dentro de um ranking com 64 países, à frente apenas do Reino Unido e da África do Sul e 11 pontos abaixo da média geral. O levantamento mostrou ainda que a população global não recuperou o bem-estar psíquico pré-pandemia.

Lembro você que que saúde mental é muito mais do que a ausência de doenças mentais.

Para mim a chave para sua saúde mental é investir em saber quem você é.

Pessoas mentalmente saudáveis compreendem:

  • Que ninguém é perfeito.
  • Que todos possuem limites.
  • Que não se pode ser tudo para todos.

A saúde mental está relacionada à forma como reagimos às exigências da vida e ao modo como ela harmoniza desejos, capacidades, ambições, ideias e emoções.

Mas como harmonizar o que sentimos, pensamos e expressamos se na maior parte das vezes nem reconhecemos o que se passa dentro da gente?

É preciso buscar ferramentas alternativas que promova esse espaço de reconhecimento em você.

Só a partir do reconhecimento se pode escolher como agir.

Alguns caminhos para despertar o autoconhecimento:

  • Revisitar suas dores, traumas e própria história através de acompanhamento terapêutico.
  • Praticar Mindfulness (atenção plena)
  • Praticar Yoga e meditação.
  • Participar de retiros.
  • Ouvir e Assistir conteúdos que falem sobre o tema.

Autoconhecimento é prática.
Para isso é preciso dar o primeiro passo.

Conforme você começa a despertar para essa nova forma de caminhar, aos poucos você vai perceber que não se trata apenas de uma nova forma de caminhar na vida e sim de colocar em prática tudo que viveu e vem aprendendo.

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Lei 14.556/23: Janeiro Branco oficialmente reconhecido como mês da saúde mental
Avatar photo
Rosane Ventura, especialista em saúde mental, Yoga e Mindfulness, é comprometida em promover bem-estar emocional. Referência em terapias holísticas e práticas ancestrais, fornece orientações para enfrentar desafios do dia a dia e lidera retiros espirituais focados em autoconhecimento.
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui