Ministério Público do RJ denuncia motorista de ônibus que atropelou e matou homem após o Réveillon

O motorista acelerou e passou por cima do homem que tentava impedir a partida do ônibus logo após o réveillon, na Avenida Nossa Sra. de Copacabana

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Foto: Reprodução/TV Globo

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal Territorial da área Botafogo e Copacabana, denunciou o motorista de ônibus Valdir das Mercês Junior por homicídio doloso triplamente qualificado (motivo fútil, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima). Ele é acusado de atropelar e matar intencionalmente Gilson Castro Silva na madrugada do dia 1º de janeiro de 2023, na Avenida Nossa Senhora de Copacabana.

De acordo com o MPRJ, o denunciado ficou incomodado com a atitude da vítima, que, parada em frente ao ônibus, impedia seu prosseguimento. O motorista, então, deu pequenas aceleradas contra Gilson para ele sair da frente, o que não ocorreu. Pouco depois, Valdir acelera o veículo contra a vítima, que é derrubada, arrastada e esmagada pelo ônibus. 

A denúncia relata que ao menos quatro gravações de vídeo distintas registraram o fato. Também pontua que testemunhas viram o réu, irritado, jogar o ônibus propositalmente contra a vítima, o que arruína a alegação de que ele não percebeu que Gilson ainda estava em frente ao ônibus.

A denúncia foi oferecida à Justiça no dia 17 de janeiro, com pedido de prisão preventiva do motorista do ônibus. O processo aguarda decisão do Juízo da 4ª Vara Criminal da capital.

Advertisement

Leia também

Pedro Paulo cada vez mais certo como vice de Eduardo Paes – Bastidores do Rio

10 coisas que só quem anda de ônibus no RJ vai entender

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Ministério Público do RJ denuncia motorista de ônibus que atropelou e matou homem após o Réveillon

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui