Novo Edifício A Noite terá cobertura com restaurante e museu da Rádio Nacional

Prédio histórico no Centro do Rio será revitalizado e transformado em residencial

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
Prédio Joseph Gire, também conhecido como Edifício A Noite - Foto: Diogo Vasconcellos de Almeida

Depois da venda do Edifício A Noite pela Prefeitura do Rio, por R$ 36 milhões, o novo projeto do histórico imóvel, cujas obras devem começar no segundo semestre do próximo ano, prevê a implementação de um restaurante e um museu da Rádio Nacional, que ficarão na cobertura. Ambos terão acesso por um elevador exclusivo e devem se tornar novas atrações turísticas na Praça Mauá, no Porto Maravilha.

O icônico prédio, que abrigou a Rádio Nacional por mais de 80 anos, será transformado em residencial com 447 unidades e, ainda, três lojas no térreo. Em frente à Baía de Guanabara, a histórica construção tem uma vista privilegiada de toda a cidade Nos últimos anos, no entanto, o edifício estava em situação de abandono.

O prédio foi tombado em 2013 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) pelas suas características arquitetônicas e históricas e se tornou ícone da região portuária da cidade.

O entorno do edifício já revitalizado pelas obras do Porto deve ganhar ainda mais potencial com a venda do edifício, que fica em endereço privilegiado, em frente ao museu mais visitado do Brasil e símbolo da renovação da área: o Museu do Amanhã, equipamento cultural que recentemente bateu recorde de visitantes.

Advertisement

Em março, a prefeitura comprou o imóvel por R$ 28,9 milhões, bem abaixo do lance mínimo de R$ 98 milhões apresentado em maio de 2021, data do primeiro leilão. O objetivo do Poder Público ao adquirir o prédio, era justamente de negociá-lo com o setor privado.

Construído na década de 1920, O edifício A Noite é tido por muitos como um dos grandes marcos da arquitetura brasileira. Considerado o maior prédio da América Latina na época da sua inauguração, em 1929, foi batizado em referência ao jornal homônimo sediado no local. O arranha-céu de 22 andares e 102 metros de altura, em estilo art déco, também foi a casa da vanguardista Rádio Nacional – emissora de maior audiência do país na época – além de consulados e do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi).

Advertisement
Receba notícias no WhatsApp
entrar grupo whatsapp Novo Edifício A Noite terá cobertura com restaurante e museu da Rádio Nacional
Advertisement
lapa dos mercadores 2024 Novo Edifício A Noite terá cobertura com restaurante e museu da Rádio Nacional
Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui